A sua empresa tem uma cultura organizacional?

A cultura organizacional de uma empresa, também chamada de cultura corporativa, é uma expressão muito comum no contexto empresarial que significa o conjunto de valores, crenças, rituais e normas estabelecidas, adotadas e compartilhados por uma determinada organização.

A essência da cultura de uma empresa é expressa pela maneira como ela faz seus negócios, trata seus clientes e funcionários, pelo grau de autonomia que existe em suas unidades e também pela lealdade expressa por seus funcionários em relação à empresa. A cultura organizacional representa as percepções dos dirigentes e funcionários da organização e reflete a mentalidade que predomina na organização. Por esta razão, ela condiciona a administração das pessoas.

Em outras palavras, a cultura organizacional representa as normas informais e não escritas que orientam o comportamento dos membros de uma organização no dia-a-dia e que direcionam suas ações para o alcance dos objetivos organizacionais. No fundo, é a cultura que define a missão e provoca o nascimento e o estabelecimento dos objetivos da organização. Alguns dos atributos mais valorizados da cultura organizacional de uma empresa são: ética, responsabilidade social, competência, compromisso e etc.

Como a cultura organizacional influencia o processo seletivo e o departamento de RH?

Toda empresa, seja qual for seu tamanho, tem sua política organizacional e, ainda que ela não seja clara, é a partir desta cultura que os colaboradores são orientados para a realização de suas tarefas. Várias pesquisas sugerem que uma cultura organizacional saudável é capaz de proporcionar vários benefícios, como:

  • Vantagem competitiva derivada e inovação e serviço ao cliente
  • Maior desempenho dos empregados
  • Coesão da equipe
  • Alto nível de alinhamento na busca da realização de objetivos

Os principais fomentadores da cultura organizacional são os líderes, já que são eles os mais próximos dos colaboradores, clientes e fornecedores do negócio e são também os responsáveis por transmitir as visões e os valores da empresa. Esta orientação permite direcionar e condicionar os comportamentos dos colaboradores, para que sua conduta dentro da organização seja condizente com o que é considerado ideal. Ter esses parâmetros bem estabelecidos garante ao profissional da área de Recursos Humanos, ou Gestão de Pessoas, maior facilidade em trabalhar o clima organizacional.

E quando falamos de um processo seletivo (fizemos um post aqui no site sobre como selecionar pessoas para a sua empresa), por exemplo, os benefícios de uma cultura organizacional forte também são muitos. Através dos valores, normas e guias formalizados e até mesmo questões mais informais, o profissional consegue traçar um perfil de vaga bem alinhado ao que a empresa procura. Assim, é possível reconhecer além das habilidades e competências técnicas essenciais para a vaga, características e traços de personalidade que terão mais chances de estarem dentro do perfil procurado e que conseguirão ter alto desempenho junto à equipe.

A cultura organizacional é benéfica também para a retenção de talentos. Se a sua empresa possui valores essenciais bem definidos e amplamente compartilhados, ela poderá impactar positivamente o comportamento dos funcionários, o que pode refletir em menor rotatividade de pessoas.

A sua empresa tem uma cultura organizacional forte e bem definida? Compartilhe suas experiências e dúvidas nos comentários!

processo seletivo para jovens talentos