RH na internacionalização: 5 formas de otimizar esse processo

Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on linkedin

Na hora de internacionalizar o negócio, o RH tem um papel central durante todo o processo. Isso porque os colaboradores que migram de uma sede para outra, situada em países diferentes, precisam lidar com uma série de desafios, como a nova cultura, competências técnicas e comportamentais que precisam ser adquiridas, adaptação ao local e clima, entre outras. É o RH que dá todo o suporte para que isso aconteça da melhor forma possível.

Porém, existem alguns desafios na internacionalização de recursos humanos que precisam ser solucionados. Você sabe como fazer isso? Sabe como otimizar o processo de internacionalização do RH da sua empresa? Entende qual a melhor forma de realizar esse processo garantindo resultados positivos não apenas para a gestão de pessoas, mas para o negócio como um todo?

Se não, está na hora de descobrir! Entenda 5 formas de otimizar o processo e colocar o RH na internacionalização da empresa, desenvolvendo políticas globais de gestão de pessoas!

1. Tenha uma visão estratégica e orientada pela liderança

Para que a internacionalização ocorra da melhor forma possível, é essencial que você tenha clareza sobre quais são os objetivos do processo e o papel do RH na hora de alcançá-los. Além disso, é essencial envolver a liderança a capacitar os gestores de forma a garantir que eles saibam lidar com a nova realidade da empresa e engajem a equipe no processo.

Isso significa que você precisa ter uma visão estratégica da empresa e do processo de internacionalização e sempre checar a postura e atitudes dos líderes para que o RH internacional tenha sucesso.

2. Considere soluções de cloud computing

O cloud computing, ou computação em nuvem, é o conceito que diz respeito à utilização da internet para registrar processos e informações, que ficam sempre disponíveis online. Quando você adota essa solução no RH internacional, é possível que todas as sedes da empresa tenham consciência sobre o o que ocorre umas nas outras, acessando informações importantes e colaborando para garantir o sucesso da internacionalização.

3. Crie um único repositório de informações sobre o RH

Associado à cloud computing, ter um repositório único e integrado com todas as informações de RH é uma das estratégias de internacionalização. Dessa forma, quando for necessário acessar dados sobre processos de gestão de pessoas ou sobre determinado profissional, isso pode ser feito em um só lugar, o que gera também uma visão global sobre o funcionamento do RH da empresa como um todo.

4. Tenha fornecedores confiáveis

Existem alguns serviços, tanto relacionados ao registro de colaboradores quando à softwares utilizados pelo RH, por exemplo, que exigem que você possua um fornecedor. Eles não podem falhar na hora de posicionar o RH na internacionalização da empresa. Dessa forma, tenha sempre fornecedores confiáveis, capazes de dar suporte e fornecer serviços para a empresa sempre que necessário.

5. Envolva as equipes locais

Outra estratégia para garantir um RH global é a integração entre as diversas equipes da empresa, tanto da sede quanto do local no qual o negócio será instalado. Para evitar resistências e permitir uma boa recepção por parte de todos, é essencial que você envolva a equipe local no processo, de forma a evitar mudanças abruptas que causam desconforto e insatisfação entre os colaboradores.

O papel do RH na internacionalização da empresa é central. Portanto, é essencial que você adote estratégias capazes de desenvolver políticas globais de RH para o negócio. Com essas dicas, você está pronto para iniciar o processo e dar mais um passo em direção à internacionalização de sucesso da sua empresa!

Gostou do artigo? Então assine a nossa newsletter e fique sempre por dentro das atualizações do nosso blog!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *