Entenda como a AIESEC ajudou a acelerar dezenas de startups do Rio Grande do Sul

Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on linkedin

Você já sabe que os programas da AIESEC ajudam diversas empresas a crescer, se desenvolver e, até mesmo, a internacionalizar o negócio. Mas, entende como isso acontece na prática? Se não, está na hora de descobrir!

A nossa atuação fez a diferença para dezenas de startups do Rio Grande do Sul. Tudo isso por causa de uma parceria entre a AIESEC e a Associação Gaúcha de Startups, que trouxe vários intercambistas que se desenvolveram e geraram valor para as empresas na qual eles se inseriram.

Quer saber mais sobre esse case de sucesso e se inspirar? Então, continue a leitura e descubra tudo sobre essa parceria!

Quem é a Associação Gaúcha de Startups?

A Associação Gaúcha de Startups (AGS) é uma instituição que tem como foco principal auxiliar os empreendedores do ramo digital. A AGS acredita que o Rio Grande do Sul precisa da inovação para se tornar um estado mais forte.

Dessa forma, a Associação vem como uma instituição aberta e sem fins lucrativos que oferece descontos, créditos e mentorias para as startups associadas. De acordo com o manifesto publicado no site, a missão é “fortalecer, conectar e representar as startups, fazendo com que elas se desenvolvam cada vez mais e formem um ecossistema mais colaborativo e inovador”.

Como a AGS chegou até a AIESEC?

A AGS tinha o objetivo de criar um programa de alto impacto, capaz de acelerar as startups associadas e gerar engajamento com a cidade de Porto Alegre, local de atuação da Associação.

Um dos fundadores da AGS é alumni da AIESEC e, por conhecer o trabalho da organização, entrou em contato com seu networking para fechar a colaboração. A AGS viu em nossa parceria uma possibilidade de grande visibilidade e experiência de diversidade para Porto Alegre e região.

Como foi o projeto e quais foram os desafios?

O projeto desenvolvido pela AIESEC e AGS consistiu em trazer mais de 150 talentos internacionais, vindos de diversos países do mundo como Holanda, México, Peru, Itália, Vietnã, Argentina, Colômbia, Reino Unido, Canadá e Alemanha, para atuarem nas startups associadas.

O principal desafio enfrentado foi a acomodação dos intercambistas que chegaram à Porto Alegre. Além disso, o acompanhamento final e validação das atividades realizadas pelos voluntários foi desigual entre as startups, sendo que o suporte fornecido ficou desnivelado entre as empresas. Apesar disso, os resultados positivos superaram as expectativas!

Quais foram os resultados alcançados?

Apesar dos desafios enfrentados pela equipe, o projeto foi um grande sucesso: a maior realização já efetuada em um escritório local na AIESEC, em comparação com todo o continente americano. 

Quanto aos benefícios, todas as organizações envolvidas — A AIESEC, AGS e as startups — foram capazes de melhorar o posicionamento e a visibilidade das marcas por meio do projeto. Ele ainda proporcionou um diferencial para a AGS, agregando ainda mais valor para a comunidade e as Startups associadas, que se tornaram mais engajadas.

Como você pode perceber, a parceria entre a AIESEC e a AGS proporcionou o crescimento de dezenas de startups do Rio Grande do Sul, que tiveram a oportunidade de receber intercambistas vindos de diversos países do mundo para aprender e contribuir com o desenvolvimentos das empresas. Os resultados superaram as expectativas e, no final, todos saíram ganhando desse projeto!

E você, o que está esperando para fechar uma parceria agora mesmo com a AIESEC? Entre em contato conosco e descubra as nossas soluções!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *