5 habilidades que você desenvolve sendo líder de um time na AIESEC

Você sabia que a AIESEC desenvolve liderança em cada um de seus membros?

Liderança é um aspecto muito valorizado no mercado de trabalho atualmente. Ter uma experiência como líder de um time faz com que você se torne um profissional mais requisitado por empresas e organizações.

Além disso, os membros da AIESEC que passam por cargos de liderança na organização conseguem desenvolver várias soft skills que são frequentemente procuradas por recrutadores em currículos para vagas de emprego. Nesse artigo você vai encontrar 5 delas.

1. Resolução de conflitos

De acordo com Breno, líder de time na área de talento global da AIESEC no Rio de Janeiro, uma habilidade que ele desenvolveu em sua gestão foi a de resolução de conflitos. Segundo ele, “sempre aparece uma situação onde eu tenho que resolver, e hoje, vejo que tenho muito mais calma, penso antes de agir e procuro a melhor solução para o problema”.

Mesmo fazendo o máximo para evitar que conflitos ocorram, a situação pode fugir do nosso controle, seja por fatores externos inesperados, problemas de comunicação ou outras questões. O importante, enquanto líder de um time, é entender que situações assim podem acontecer, não se desesperar e estar preparado para lidar com as adversidades.

2. Adaptabilidade

Para Arianny, uma habilidade que ela desenvolveu durante sua gestão foi a adaptabilidade. Arianny atualmente lidera o time de auditoria na área de talento global da AIESEC em Fortaleza, mas ela já passou por outros cargos de liderança dentro da AIESEC.

Segundo ela, cada gestão tinha um novo desafio. Ela precisou saber como lidar com pessoas bem diversas, com personalidades diferentes e com ritmos de trabalho distintos. Durante esse processo, ela teve que entender como, em sua posição de líder, ela poderia possibilitar uma conexão entre o time, e ao mesmo tempo fazer com que as demandas fossem entregues.  

Passar por essa experiência de liderança fez com que ela aprendesse a se adaptar melhor em diferentes cenários e entendesse como gerenciar pessoas diversas. Isso possibilitou tanto um desenvolvimento profissional, como uma líder mais perceptiva e inclusiva, quanto um desenvolvimento pessoal.

3. Gestão de tempo

Além de adaptável e solucionador de problemas, um líder precisa saber organizar bem seu tempo. Nesse sentido, Bruno, líder do time de experiência do consumidor em talento global da AIESEC em Fortaleza, acredita que uma habilidade que ele desenvolveu como líder de time foi a gestão de tempo.

Para ele, ter uma posição de liderança na AIESEC o incentiva a gerenciar seu tempo da melhor forma possível. Bruno também afirmou que isso “afetou positivamente o meu dia a dia minha linha de raciocínio e minha organização em todas as facetas da minha vida, e isso aconteceu principalmente porque me desafia a ter novas responsabilidades dentro de uma nova posição”.

Vivemos em um mundo em que vinte e quatro horas parecessem nunca ser suficientes. Por causa disso, saber como gerenciar seu tempo é mais que uma habilidade, é uma necessidade. Na AIESEC, todos os membros tem acesso aos meios necessários para saber como organizar seu tempo.

Time de talento global da AIESEC em Fortaleza

4. Comunicação efetiva

Problemas de comunicação são uma das grandes causas de conflito dentro de um time. Saber transmitir uma mensagem é essencial para que qualquer atividade seja realizada corretamente.

Nesse sentido, Rodrigo, líder do time de recrutamento da AIESEC em Fortaleza, acredita que uma habilidade que ele desenvolveu durante seu termo foi a comunicação efetiva. Para ele, “uma comunicação eficaz tem o poder de construir relacionamentos frutíferos. Se comunicar pode inspirar e motivar os outros a terem um bom desempenho, desde uma conversa individual, em reuniões ou em um diálogo por mensagem de texto, um gestor que age com empatia atrai a interação e o trabalho em equipe”.   

Rodrigo entende que uma comunicação efetiva é fundamental para uma boa gestão e para que seu time possa desenvolver todo seu potencial. Mais importante que delegar demandas, um líder deve ser alguém capaz de transmitir conhecimento para outras pessoas.

5. Resiliência

Por sua vez, a habilidade que Paloma sente que mais desenvolveu sendo líder de time foi a resiliência. Paloma lidera o time de experiência do consumidor de talento global da AIESEC em Recife e passou por alguns desafios em seu cargo.

O aspecto principal que ela percebeu depois de passar por adversidades foi que o líder é aquele que permanece. É como o capitão de um navio, que não foge mesmo se ele estiver afundando. Para isso, é fundamental ser resiliente.

Quer desenvolver essas habilidades também? Você pode se inscrever aqui para ser membro da AIESEC e começar sua jornada na organização!

Para conhecer mais sobre a AIESEC no Brasil, acesse aqui e também conheça nosso instagram @aiesecnobrasil

Por Beatriz Caldas

Latest Posts

Activating youth leadership since 1948.

AIESEC in Brasil | 2021
All rights reserved.