5 passos para organizar o onboarding de novos funcionários

Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on linkedin

Estamos em um momento no mercado de trabalho em que não são apenas as empresas que escolhem seus funcionários, eles também escolhem onde querem trabalhar. Portanto, cuidar dos colaboradores desde a sua admissão é muito importante para manter bons índices de retenção e organizar o onboarding da companhia ajuda muito nesse desafio.

Em recursos humanos e gestão de pessoas, onboarding diz respeito ao conjunto de ações que visa integrar o novo funcionário à cultura da empresa, auxiliando-o no processo de adaptação, para que ele obtenha muito mais chances de performar na organização.

Quer aumentar a taxa de retenção de talentos no seu setor? Para ajudá-lo, preparamos uma lista com 5 passos muito importantes na estruturação dos processos de onboarding em sua empresa. Confira!

1. Inicie o processo de onboarding durante a contratação

Para realizar um onboarding efetivo, iniciá-lo antes mesmo da contratação dos funcionários é a melhor tática. Você pode fazer isso explicando com clareza quais serão as responsabilidades de cada colaborador no trabalho. Além de contar sobre a história da empresa e as características da cultura organizacional.

Isso, além de fazer com que o colaborador já chegue alinhado às principais questões da empresa, ainda pode funcionar como um filtro. Isso porque alguns candidatos perceberão que têm perfil incompatível com a vaga e a companhia, e esses terão a oportunidade de não seguirem adiante, o que evitará demissões no futuro.

2. Finalize a documentação antes do primeiro dia

Para evitar bombardear o novo funcionário com uma série de documentos para ler e assinar no primeiro dia de trabalho, tente resolver essas questões burocráticas um ou mais dias antes.

Dessa maneira, você vai deixá-lo mais livre para conhecer seus colegas e realizar suas primeiras atividades.

3. Planeje o primeiro dia de trabalho

Você já passou por alguma situação na qual, ao chegar em seu primeiro dia de trabalho, ainda não tinha um computador para você e nenhum gestor estava disponível para dar as primeiras coordenadas?

Para que isso não ocorra com seus novos funcionários, já tenha planejada uma lista de tarefas para eles, algo que possa ser feito pelos gestores imediatos.

De preferência, já se preocupe em planejar a semana toda, já que, por mais proativo que o novo colaborador seja, é difícil para ele saber em quais projetos deve se inserir.

Tenha cuidado também com o espaço de trabalho do colaborador. Deixe tudo pronto para a chegada dele, com os materiais e equipamentos necessários para ele operar a função.

4. Incentive a integração com a equipe

Desde o momento em que o novo colaborador chegar à empresa, tente integrá-lo aos membros antigos da equipe. Evite forçar as coisas, porém deixe com que o ambiente seja propício para a socialização, promovendo alguns momentos de descontração entre todos.

Essas atitudes diminuem as barreiras entre os trabalhadores e seus setores, o que tende a trazer resultados muito positivos. Isso porque eles terão uma abertura maior para discutir e realizar melhorias nos processos internos.

5. Apresente as normas e cultura organizacional da empresa

Para que um colaborador siga as normas e os padrões específicos de sua empresa, é necessário ensiná-lo quais são. Afinal, cada companhia trabalha de maneira diferente, e ele pode chegar com alguns costumes de seu último emprego.

Se sua empresa estiver admitindo mais de um funcionário de uma vez, pode ser interessante realizar um evento corporativo, que já alinhe todos esses pontos e integre os novos membros ao mesmo tempo.

E você, tem mais alguma dica importante sobre como organizar o onboarding de novos funcionários? Compartilhe sua experiência com a gente aqui nos comentários!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *