Capacitação profissional: por que investir na educação contínua?

Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on linkedin

Gerenciar uma equipe é um desafio constante e que traz uma série de aprendizados a todos os envolvidos: líderes e liderados. Gestores devem sempre incentivar sua equipe a buscar novas fontes de conhecimento e capacitação profissional, pois isso beneficia tanto o funcionário quanto a empresa. É aí que entra a educação contínua.

O que é educação contínua?

A educação contínua é o objetivo de um profissional que está sempre procurando adquirir novos conhecimentos que agreguem-lhe competências e habilidades exigidas no mercado de trabalho, seja por meio de cursos, palestras, workshops, debates e afins.

Ela é extremamente importante nos dias de hoje, visto que a tecnologia acelera bastante as mudanças de processos de uma empresa e a sua relação com o mercado também, exigindo sempre profissionais qualificados para atender às novas demandas e formas de trabalhar e lidar com o público.

Por que investir em capacitação profissional na minha empresa?

Treinamentos exigem investimentos e, por isso, acabam sendo deixados para depois ou nem mesmo considerados por gestores e donos de empresa.

Porém, eles são muito importantes para que os profissionais da sua organização estejam cada vez mais capacitados, motivados e preparados para atender às altas expectativas do mundo corporativo, ajudando, inclusive, na diferenciação de sua companhia.

A concorrência entre as empresas é grande e, nesse jogo, ganha quem conta com profissionais mais preparados para desenvolver as melhores soluções, facilitar os processos e oferecer o atendimento mais personalizado possível.

A tendência atualmente é de que as empresas passem a selecionar seus funcionários pelos seus perfis e não apenas por suas habilidades, garantindo, assim, uma maior identificação entre organização e colaborador, aumentando a satisfação dos profissionais e, consequentemente, a taxa de retenção do RH da companhia.

Sendo assim, os treinamentos corporativos passam a ser a melhor maneira de alinhar seus colaboradores à cultura organizacional, cargos e funções dentro da sua empresa.

Como incentivar os funcionários a se qualificarem mais?

São muitas as formas de incentivar um funcionário a se qualificar mais para desempenhar a sua função. As principais, com certeza, são investir recursos para que esses treinamentos aconteçam na própria empresa, financiar integralmente ou parcialmente um curso para ele ou conseguir descontos por meio de parcerias.

Porém, também é possível incentivar seus colaboradores a buscarem uma maior qualificação por meio da oferta de possibilidades de crescimento dentro da empresa, por exemplo, ou, ainda, premiações que contemplem os membros que trazem mais inovação para a organização.

Como conciliar os treinamentos com a carga horária de trabalho do colaborador?

Algo que pode impedir ou deixar o colaborador resistente na hora de procurar cursos e treinamentos extra curriculares é a falta de tempo. Grande parte das vezes, o funcionário passa oito horas por dia no trabalho e ainda faz faculdade, atividades físicas, precisa cuidar da casa, enfim, tem uma rotina corrida e acaba deixando a qualificação em segundo plano.

O funcionário precisa ter tempo para descansar, passar um tempo com a família e se dedicar a projetos pessoais, pois tudo isso também contribui para a sua qualidade de vida e produtividade no trabalho.

Sabendo disso, os gestores podem ser mais flexíveis quanto a horários e permitir que o colaborador saia um pouco mais cedo duas vezes por semana, por exemplo, para a realização de um curso, desde que isso não impacte em sua produtividade.

Também é possível permitir a realização de cursos online durante uma hora por dia ou, ainda, promover capacitações entre os próprios colaboradores, para que cada um possa ensinar seus colegas sobre as ferramentas que mais dominam. Essa também é uma forma de reconhecê-los pela excelência de seu trabalho.

O importante aqui é sempre conversar com seu time para que juntos encontrem a forma mais confortável e produtiva para todos e, principalmente, que irá trazer os melhores resultados para a empresa.

Gostou deste post sobre educação contínua e acha que ele também pode ser útil a outros gestores e profissionais de RH? Compartilhe em suas redes sociais!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *