Saiba como aplicar a gamificação em treinamentos corporativos

Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on linkedin

Os treinamentos corporativos são essenciais para o desenvolvimento de competências e habilidades dos colaboradores. No entanto, os modelos tradicionais costumam ser engessados e não prendem a atenção dos participantes. Investir em gamificação é uma boa estratégia para aumentar o engajamento e potencializar a absorção do conteúdo.

Usar o mesmo mecanismo dos jogos nas capacitações é uma forma de deixar a atividade mais dinâmica. Com isso, os funcionários aprendem mais rápido e conseguem aplicar os conhecimentos adquiridos no dia a dia do negócio.

Quer entender melhor como funciona essa técnica nos treinamentos corporativos? A seguir, você vai ver o que é gamificação, quais são os benefícios da estratégia e como colocá-la em prática. Confira!

O que é gamificação?

Consiste em usar a mesma lógica dos jogos em que o participante precisa cumprir missões e desafios para ganhar recompensas. É uma espécie de competição que desperta a curiosidade dos colaboradores e incentiva o engajamento. A dinâmica pode ser usada, inclusive, em processos seletivos.

Quais são os benefícios da gamificação em treinamentos?

A prática deixa os treinamentos corporativos mais prazerosos e produtivos. Como existem prêmios envolvidos — pontos, moedas, estrelas, badges, entre outros — os colaboradores se sentem mais encorajados a participar ativamente, e não apenas como espectador passivo como nos moldes tradicionais. Por essa razão, as capacitações gamificadas costumam ser mais efetivas. Conheça as principais vantagens.

Deixa o ambiente leve para o aprendizado

Os jogos transformam o conteúdo programático em informações lúdicas e de fácil compreensão. Isso torna os exercícios mais estimulantes e práticos. Assim, os colaboradores absorvem o conhecimento rapidamente para usar as habilidades adquiridas no dia a dia de trabalho.

Motiva atitudes positivas e inovadoras

Cada colaborador vai dar o máximo de si para se destacar. Afinal de contas, essa é a natureza dos jogos. Nos treinamentos corporativos, a gamificação cria uma competição saudável em que os funcionários são instigados a superar os desafios e propor soluções inovadoras.

Gera sentimento de conquista e confiança

A cada etapa avançada, o colaborador sente que está ganhando o jogo. Além disso, o progresso só acontece quando o funcionário cumpre o desafio proposto. Isso deixa o funcionário mais confiante para executar as suas tarefas.

Como aplicar a gamificação em treinamentos?

A gamificação não implica, necessariamente, no uso de tecnologias para a criação de jogos propriamente ditos. No entanto, é necessário criar dinâmicas de desafios e recompensas. Por isso, para ter sucesso com a capacitação, você precisa planejar muito bem as atividades. Adiante, você vai ver algumas dicas práticas para implementar a estratégia.

Defina os objetivos de aprendizagem

Os jogos não podem ser apenas divertidos: eles precisam ter um propósito. Portanto, o primeiro passo é definir o que você pretende com esse treinamento. O objetivo pode ser fortalecer o endomarketing, melhorar o conhecimento sobre a cultura da empresa, ensinar sobre processos e procedimentos internos etc.

Construa um storytelling

Essa é uma estratégia que consiste em criar histórias para fazer o participante mergulhar no universo do jogo. Ambiente, avatares e insígnias ajudam a envolver o participante, incentivam a interação e o cumprimento das missões.

Estabeleça as regras

O que faz o colaborador avançar etapas? Quantos pontos ele precisa conquistar? O que ele vai ganhar com tudo isso? Haverá ranking de classificação? Você precisa estabelecer regras claras de como o jogo funcionará.

Mensure os resultados

Ao final do treinamento, é necessário fazer um balanço de tudo que aconteceu e certificar-se de que a ação atingiu o resultado esperado. Se o objetivo era melhorar as habilidades interpessoais dos colaboradores, por exemplo, você precisa estabelecer indicadores de desempenho para medir isso.

Além do mais, é essencial manter a transparência e dar feedbacks aos participantes sobre a performance de cada um deles. Esse passo é fundamental para que o funcionário se aperfeiçoe no processo.

Investir na gamificação dos treinamentos corporativos é uma forma de melhorar o aprendizado da equipe. Ao utilizar a mesma dinâmica de jogos nas atividades de capacitação, os colaboradores se tornam mais participativos. Assim, eles conseguem aprender o conteúdo de forma rápida e duradoura.

Gostou do nosso artigo? Que tal receber mais informações como esta diretamente no seu e-mail? Assine nossa newsletter e fique por dentro das novidades.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *