Você sabe como motivar os profissionais da geração y?

Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on linkedin

Os jovens que nasceram a partir de 1978 estão revolucionando o mercado de trabalho. Com alta expectativa em relação à carreira, a rotatividade desse grupo de trabalhadores é alta. Por isso, motivar profissionais da geração Y é essencial para reter talentos e garantir resultados positivos para a empresa.

Também conhecidos como Millennials, esses colaboradores estão sempre conectados, prontos para dizer o que pensam, e lidam muito bem com as novas tecnologias. Além disso, eles chegam ao mercado de trabalho querendo crescer rapidamente na carreira.

Diante desse perfil, os gestores precisam modificar suas práticas dentro da empresa. Pensando nisso, reunimos neste post algumas estratégias para motivar profissionais da geração Y. Quer conhecer todas elas? Então continue a leitura e confira!

O que é e quem faz parte da geração Y?

Essa é uma geração que se desenvolveu em tempos de grandes avanços tecnológicos. Logo, cresceu tendo acesso ao que muitos de seus pais não tiveram, como computador, videogame, TV a cabo, jogos e muito mais.

Como já nasceram em meio a inovações, eles estão sempre antenados e ávidos por novidades tecnológicas. Querem o smartphone do momento, a televisão mais moderna e produtos revolucionários para otimizar as atividades do dia a dia. Eles vivem conectados à internet e procuram respostas rápidas para tudo.

Os jovens da geração Y estão rodeados de facilidades e acostumados a conseguir o que querem. Além disso, vivem em ação, sendo tão multitarefas quanto seus celulares. Por isso, eles podem trabalhar em mais de um projeto, ouvir músicas, checar as redes sociais e ainda conversar com os colegas de trabalho.

Em geral, essas pessoas não se satisfazem com tarefas menores no início da carreira. Também lutam por salários ambiciosos desde muito cedo e, se for preciso, trocam de emprego a fim de buscar novos desafios e melhores oportunidades de crescimento profissional. Afinal, eles são arrojados e não têm medo de mudanças.

Como essa geração atua no mercado de trabalho?

As principais ambições dos profissionais da geração Y no mercado de trabalho são conquistar liberdade, perceber o verdadeiro sentido da função e obter reconhecimento. Essas pessoas são irreverentes, criativas, empreendedoras e pragmáticas, assim, desejam trabalhar naquilo que realmente faça sentido para elas.

Quando esses profissionais encontram a ocupação certa, se dedicam ao máximo! No entanto, essa geração também sente a necessidade de encontrar um equilíbrio entre a vida pessoal e profissional.

É importante ressaltar que esses profissionais se subordinam a vínculos, e não a cargos. Eles desejam gestores mais acessíveis e tendem a cobrar uma liderança mais participativa e coerente, na qual o líder tem o papel de guiar o caminho e inspirar, mas sem controlar.

Dessa forma, a gestão precisa ser transparente e apontar o cenário real para essas pessoas, que são otimistas e céticas ao mesmo tempo. Por isso, é crucial permitir que elas participem da tomada de decisões e que tenham oportunidades e desafios constantes.

Como motivar profissionais da geração Y?

Apesar de o salário ter forte influência na satisfação do trabalhador, ele não é o principal motivador da geração Y. Esses profissionais buscam uma realização pessoal no ambiente corporativo e desejam exercer atividades prazerosas, que também gerem impacto positivo no mundo.

A seguir, veja o que é necessário fazer para motivá-los.

Construa uma cultura organizacional

Quando um colaborador da geração Y ingressa em uma empresa, ele tem a expectativa de desempenhar atividades conectadas com seus valores e princípios. Por essa razão, uma cultura organizacionaltransparente e forte é essencial para que o trabalhador compreenda qual é o seu papel dentro da corporação.

Tenha objetivos claros

Por não verem uma perspectiva de futuro na empresa, muitos profissionais da geração Y abandonam suas funções. Dessa forma, é importante que a organização construa metas individuais e específicas, procurando mensurá-las com o profissional constantemente.

plano de carreira, por exemplo, é uma estratégia fundamental para motivar os colaboradores. Assim, eles se sentirão orientados e seguros de que podem crescer na empresa.

Seja um líder educador

É fato que a figura do líder autoritário está ultrapassada, não é verdade? Portanto, uma excelente estratégia para motivar essa geração é investir na ideia de líderes educadores, isto é, aqueles que auxiliam, escutam e promovem o aprendizado dentro da organização a fim de gerar novos conhecimentos que sejam diferenciais de mercado.

Ofereça oportunidades de desenvolvimento

Treinamentos corporativos, coaching e mentorias são recursos indispensáveis para motivar profissionais da geração Y. Afinal de contas, eles estão sempre em busca de desafios e sabem muito bem que a qualificação é essencial para a ascensão na carreira. Sendo assim, incentive o desenvolvimento educacional por meio de convênios com escolas de idiomas e instituições de ensino superior.

Dê voz aos colaboradores

Os profissionais dessa geração não querem uma gestão unilateral, na qual o chefe manda e o funcionário apenas obedece. Eles desejam ser ouvidos, dar ideias, propor soluções e até mesmo influenciar na tomada de decisão.

Além de reduzir o absenteísmo, a prática resulta em profissionais mais comprometidos e engajados. Isso acontece porque ao serem ouvidos os colaboradores se sentem peças fundamentais no sucesso do negócio, e não apenas meros coadjuvantes.

Forneça feedbacks

A geração Y recebe essa prática com bons olhos. Diante disso, uma boa forma de atrair e reter talentos é incentivar os membros da equipe a darem feedbacks entre si, envolver os profissionais em atividades de aperfeiçoamento profissional e conversar com eles sobre seus ganhos pessoais com essas experiências.

Estabeleça horários flexíveis

Como mencionamos, além de sucesso na carreira, esses colaboradores buscam equilíbrio entre vida profissional e pessoal. Por essa razão, a flexibilidade no horário de trabalho é um forte atrativo. Permitir atividades no esquema de home office é uma forma de reconhecer e premiar os melhores funcionários, pois essa maleabilidade é percebida como conquista.

Além do mais, essa autonomia para atuar sem supervisão constante cria uma relação de confiança entre colaborador e empresa. Dessa forma, o funcionário fica envolvido e comprometido com os resultados do negócio.

Incorpore iniciativas de responsabilidade socioambiental

Trabalhar com o que gosta, crescer na carreira rapidamente e ganhar dinheiro não são as únicas ambições desses jovens. A geração Y é idealista e está cada vez mais preocupada com o impacto que suas atividades vão gerar em todos os envolvidos, seja direta ou indiretamente.

Por essa razão, é importante que a empresa tenha projetos que envolvam sustentabilidade e ações sociais. No entanto, é essencial que essas políticas não fiquem apenas no papel. As práticas da corporação precisam refletir suas crenças e valores, além de contribuir, de fato, para um mundo melhor.

Motivar profissionais da geração Y é um desafio para os gestores. Para engajar, estimular a produtividade e reter os colaboradores que se enquadram nessa categoria, é essencial desafiá-los constantemente, além de estimular sua criatividade.

Afinal, essa é uma geração ávida por conhecimento, que tem aversão a rotinas limitantes e não valoriza a liderança autoritária. Coloque todas as nossas dicas em prática e veja o resultado na satisfação dos seus funcionários.

E então, já sabe como motivar profissionais da geração Y? Que tal continuar se informando sobre assuntos relacionados ao tema? Assine nossa newsletter e receba as novidades no seu e-mail!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *