Três dicas infalíveis para lidar com um processo seletivo

Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on linkedin

Seja durante entrevistas para vagas de emprego ou em processos seletivos para a realização de um intercâmbio, a gente sabe que a ansiedade representa um grande problema na vida de diversos candidatos. A AIESEC é uma Organização Não Governamental que disponibiliza experiências profissionais para jovens de 18 a 30 anos, mas isso não significa que nossos voluntários não possuem o conhecimento necessário para falar sobre os melhores métodos para surpreender entrevistadores e profissionais de Recursos Humanos. Aqui, nós também trabalhamos com processos de recrutamento durante o ano inteiro e, por isso, decidimos trazer a você as três melhores dicas para lidar com essas situações. Leia-as com bastante atenção e aproveite!

Processo Seletivo
Intercambistas da AIESEC trabalhando juntos

DICA #1: Trabalhe sua inteligência emocional

O nervosismo é o sentimento mais comum ao longo de processos seletivos, e com certeza é um empecilho para milhares de participantes. Por isso, fique tranquilo! A pessoa que estará te entrevistando também já passou por essa situação antes, e sabe o quão importante a oportunidade é para você. 

Apesar dessa vantagem, é extremamente necessário que, com o controle da sua inteligência emocional, você entenda como dominar a ansiedade e transmitir confiança ao entrevistador. Afinal, a insegurança existe, mas, neste momento, você precisa se apresentar como a pessoa perfeita para a posição desejada. Para facilitar essa tarefa, algumas sugestões são:

  • Pesquise sobre os valores da empresa ou organização com a qual você está lidando;
  • Tenha claro quais são seus objetivos e por quê conquistar a vaga é importante para você;
  • Pratique algumas respostas em voz alta antes de entrar no ambiente no qual a entrevista será realizada;
  • Revise as principais perguntas de uma entrevista e elabore respostas simples e práticas para elas.

Com essas técnicas, você estará mais preparado para conversar com os recrutadores e, portanto, terá mais chances de expressar tranquilidade aos olhos desses profissionais!

DICA #2: Seja você mesmo

Um dos problemas mais recorrentes pontuados por profissionais de Recursos Humanos ao longo de entrevistas é o fato de que, para impressionar os recrutadores, alguns candidatos tentam adaptar seu perfil àquele que a empresa julga ideal para a vaga. Essa é uma técnica recorrente, mas que, em muitos casos, pode resultar na desclassificação do concorrente.

Imagine que o cargo para o qual a pessoa está se candidatando exige fluência em inglês, e a proficiência no idioma é fundamental para a performance desse colaborador dentro da empresa. A instituição opta por realizar uma análise de currículos e filtrar os interessados que, segundo o documento, contam com essa habilidade. Caso o candidato minta ali e durante o processo de entrevistas, surge a possibilidade de contratação e, com ela, a certeza de que esse funcionário não atenderá os requisitos da empresa e será desligado brevemente.

Além de gerar mais trabalho para a instituição, esse erro faz com que o interessado perca um tempo que pode ser valioso para sua carreira, correndo o risco de construir uma imagem negativa no mercado e ser prejudicado posteriormente.

Sendo assim, é fundamental que a transparência seja um valor trabalhado durante todo o processo seletivo. Dessa forma, as chances de sucesso tornam-se maiores e mais promissoras para candidatos de todas as idades e perfis.

Processo Seletivo
Jovem estudando para processo seletivo

DICA #3: Não subestime processos seletivos

O sentimento de tranquilidade gerado por recrutadores que conseguem transformar entrevistas em conversas simples e divertidas é bastante animador. No entanto, é sempre importante lembrar que, independente do tom demonstrado pelas pessoas ali presentes, você está sendo avaliado, e deve manter a postura durante todo o processo. Falar demais pode te atrapalhar, e não compartilhar informações suficientes também. Portanto, procure tornar a conversa descontraída, a ponto dos entrevistadores também se sentirem à vontade com a sua presença, mas não se esqueça de que aqueles podem ser seus colegas de trabalho caso seu comportamento seja bem visto por eles.

Essas são apenas algumas das várias dicas que podem contribuir para que você faça um bom processo e conquiste a vaga dos seus sonhos. Caso você se interesse em ler mais sobre o assunto, algumas das nossas sugestões são o site Vagas e o portal Toda Carreira. E, já que o tema desse texto gira em torno de processos seletivos, que tal participar do nosso? Se você tem interesse em realizar um intercâmbio profissional com a AIESEC, é so clicar aqui!

Escrito por Julia Santos

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *