5 motivos para você planejar seu intercâmbio para a ucrânia

Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on linkedin

Pensando muito sobre suas decisões, planos futuros e até relembrando os bons rolês com os amigos, as viagens de família? É, o isolamento social e a quarentena podem render belos momentos reflexivos para todos. Nesse espírito, que tal tirar os planos do tão sonhado intercâmbio do papel? Hoje, vamos mostrar o porquê a Ucrânia precisa ser o destino do seu intercâmbio a partir de 2021. Que tal pegar um cafezinho, um suco ou uma água e acompanhar alguns fatos e dados desse lindo país com a gente?

Kiev, capital do país. Fonte: Serhii Hrynkevych / Shutterstock.com/Infoescola. 

Para nos ajudar, conversamos com o Dmytro, que foi Diretor de Intercâmbios Voluntários para Organizações em 2019 da AIESEC em Kropyvnytskyi, cidade localizada aproximadamente no centro da Ucrânia, e o Gabriel Peres, Presidente da AIESEC em Santa Maria em 2018 e atual Diretor Nacional de Operações da AIESEC na Ucrânia. Dmytro nos contou um pouco sobre o país, que além de apresentar paisagens lindíssimas, seus habitantes também são apaixonados por futebol! E o Gabriel compartilhou um pouco sobre os aprendizados que está tendo morando por lá durante um ano. 

1 – Necessidade histórica

Sendo um dos países que compunham a antiga União Soviética, pela proximidade com a vizinha Rússia, foi controlado pelos comunistas na década de 1920, que aproveitaram o rico solo ucraniano para desenvolver o cultivo de cereais. Dmytro relembra que a independência foi proclamada apenas em 1990 e o país além de oferecer lindos museus e pontos propícios ao turismo histórico, necessita de ajuda para se inserir no mundo globalizado e melhorar a educação, que apresenta níveis baixíssimos em cidades do interior. 

Catedral de Santa Sofia de Kiev. Fonte: Wikipedia. 

2 – Gastronomia

A comida típica ucraniana é baseada em proteínas como frango, carne de vaca, porco e cogumelos. Além disso, grande parte dos pratos têm como base a batata, couve e outros vegetais. Um dos grandes destaques é o Sviata Vecheria, um banquete com 12 pratos tradicionais, que é oferecido no Natal e representa cada um dos 12 discípulos de Jesus Cristo, de acordo com a tradição cristã. 

Sviata Vecheria. Fonte: Twitter @UA_EUMission

3 – Tradições Culturais

Com um passado marcado por guerras internas e externas, inclusive sendo o país que sofreu com o acidente de Chernobyl, a cultura ucraniana se fortalece nas tradições relacionadas à religião, predominantemente católica. Gabriel Peres explica: “Eles são muito patriotas, amam a terra deles e buscam valorizar as tradições sempre”. Entre esses costumes, o artesanato ucraniano destaca-se por sua complexidade, apresentando bordados, xilogravura, pintura em bonecas e em ovos chamados de pêssanka.

Bonecas ucranianas. Fonte: Dreamstime

4 – Clima 

De acordo com Gabriel, as temperaturas mais baixas também tornam o país atrativo e mágico, de certa forma. “É muito mais frio aqui do que no resto da Europa. Sempre neva durante o inverno. Durante esse período, as montanhas, os pinheiros, as cabanas de madeira tornam o ambiente muito mágico e lindo”. 

Gabriel, em viagem pelo país. Fonte: Arquivo Pessoal

5 – Custo de vida barato

Segundo a pesquisa European Cities by price, Kiev é a cidade mais barata da Europa. Conversando com o Gabriel, ele também conta que está conseguindo economizar e gastar menos do que se estivesse em outros países vizinhos. A moeda nacional, a hyvnia, equivale a R$0,20 reais e você pode encontrar boas promoções em passagens aéreas. Além disso, uma entrada em pontos turísticos custa por volta de R$10,00. Já na alimentação, os gastos ficam por volta de R$15,00 para um almoço completo em restaurante. No geral, a cidade é um bom retrato do custo de vida do país, que tal aproveitar?  

E aí, o que achou da Ucrânia? Quer conhecer mais sobre esse lindo país e viver boas aventuras por lá? O que acha de ajudar a resolver diversos problemas sociais e de quebra, conhecer uma cultura lindíssima? 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *