A importância do consumo consciente da água

Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on linkedin

A Organização das Nações Unidas (ONU) prevê que, até 2050, 45% da população mundial não terá a disponibilidade mínima de água necessária. A água é o recurso básico para a sobrevivência humana e, embora 70% do planeta Terra seja coberto por ela, apenas 1% desse volume é considerado seguro para beber. Por isso a água potável é reduzida a uma pequena fração, fazendo com que muitas pessoas não tenham este importante recurso natural.

É aí que entram os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS). As ODS são uma agenda mundial adotada em setembro de 2015 durante a Cúpula das Nações Unidas sobre o Desenvolvimento Sustentável, composta por 17 objetivos e 169 metas a serem atingidos até 2030.

E hoje, vamos falar em específico, sobre o objetivo de número 6.

ODS 6 – Água potável e Saneamento



Esta ODS (Objetivo de Desenvolvimento Sustentável)  tem como objetivo assegurar a disponibilidade e gestão sustentável da água e saneamento para todos.

Algumas metas da ODS 6 são:

  • Alcançar o acesso universal e equitativo à água potável e segura para todos;
  • Alcançar o acesso a saneamento e higiene adequados e equitativos para todos. Acabar com a defecação a céu aberto, com especial atenção para as necessidades das mulheres e meninas e daqueles em situação de vulnerabilidade;
  • Melhorar a qualidade da água, reduzindo a poluição, eliminando despejo e minimizando a liberação de produtos químicos e materiais perigosos, reduzindo à metade a proporção de águas residuais não tratadas e aumentando substancialmente a reciclagem e reutilização segura globalmente;
  • Aumentar substancialmente a eficiência do uso da líquido em todos os setores e assegurar retiradas sustentáveis e o abastecimento de água doce para enfrentar a escassez de água, e reduzir substancialmente o número de pessoas que sofrem com a escassez de água.


Como a AIESEC possibilita esse impacto?

A AIESEC como o maior movimento de liderança jovem do mundo, busca assegurar Água Potável e Saneamento no mundo todo por meio de seus programas de intercâmbio, e promover esse impacto positivo. O Voluntario Global é uma maneira de contribuir para esta causa.

O Voluntário Global é uma experiência voluntária em ONGs, Escolas ou Fundações em diversos países. Todos os projetos são vinculados aos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável das Nações Unidas, e possuem grande potencial de impacto no mundo. Os projetos tem a duração de 6 a 8 semanas e ter entre 18 e 30 anos é o único requisito para deixar sua marca no mundo.


As iniciativas para um mundo melhor

Um exemplo de empresa que vem se posicionando em assuntos como este é a Electrolux, parceira da AIESEC à nível internacional, e vem executando algumas ações, juntamente com a AIESEC no Brasil.

A Electrolux, tem como objetivo melhorar o desempenho de energia e água de nossos eletrodomésticos, elevando o padrão de eficiência do produto em todo o mundo. A iniciativa obteve ampla aceitação e incentivou iniciativas de empresas e outras partes interessadas.

Enfrentar as mudanças climáticas reduzindo os gases de efeito estufa é um dos maiores e mais urgentes desafios que a sociedade enfrenta. Ao mesmo tempo, a demanda por água deve aumentar em até 40% até 2030, o que significa que mais um bilhão de pessoas viverão em lugares onde a água não pode mais ser considerada um dado adquirido.

Eletrodomésticos eficientes podem ajudar com esses problemas, economizando energia e água ao longo de sua vida útil. Máquinas de lavar louça eficientes, por exemplo, são mais eficientes no consumo de água do que lavar pratos à mão. O uso de energia de produtos é responsável por mais de 80% do nosso impacto climático, e a eficiência de energia de produtos é onde podemos dar nossa maior contribuição para combater as mudanças climáticas.

Esta iniciativa da Electrolux, incentivou outras empresas a buscarem medidas que contribuíssem em prol do impacto positivo no mundo, contribuindo não apenas para o consumo consciente da água, mas também para outros pontos muito importantes, como: consumo e produção responsáveis, boa saúde e bem-estar, energia limpa e acessível, dentre outros.

Consumo Consciente da água

Praticar o consumo consciente de água não significa deixar de usar o recurso, mas sim repensar as suas formas de uso da água. Evitar desperdícios, reduzir o consumo sempre que possível, fazer a captação da água da chuva e reaproveitar a água cinza gerada pelo chuveiro e pela máquina de lavar roupas são algumas atitudes que podem ser tomadas para ter um consumo consciente da água.

Confira 8 ações práticas para economizar água:

  • Tome banhos curtos. Cinco minutos são suficientes para fazer a limpeza do corpo e, enquanto você se ensaboa, o registro deve ser fechado. Isso gera uma economia de até 30 mil litros no ano;
  • Desligue a água enquanto escovar os dentes e fizer a barba;
  • Conserve a descarga regulada e conserte vazamentos;
  • Não jogue lixo nem papel higiênico no sanitário para não entupir os encanamentos, nem ter de usar mais água na descarga;
  • Antes de abrir a torneira da pia da cozinha, passe a esponja na louça, talheres e panelas;
  • Só ligue a máquina de lavar roupa ou use o tanque com a capacidade total. Espere juntar roupa suficiente para isto;
  • Molhe as plantas com regador;
  • Varra a calçada. Se houver sujeiras localizadas, use balde e pano.

Você se identificou com a ODS 6? Tem o desejo de impactar vidas ao redor do mundo?
Não perca tempo! Inscreva-se agora e o escritório mais próximo de você irá lhe apresentar todos os projetos na área.



Por Guilherme Junior