Gestão de equipes: habilidades técnicas e culturais para formar um time

Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on linkedin

Sempre pensamos em equipe como uma unidade, um time que tem ideias iguais ou que convergem para um mesmo lugar. A gestão de equipes bem realizada é essencial para que todos se vejam como membros de um grupo e reconheçam a importância da multiplicidade de culturas capaz de enriquecer projetos e gerar ideias inovadoras.

Formar um time de alta performance demanda capacidade de liderança, de acompanhamento constante de cada colaborador e de todo o time, de reconhecer e, muitas vezes, estabelecer objetivos comuns e de criar possibilidades de debates e troca de ideias. Ou seja, requer o equilíbrio entre a gestão de pessoas – individualmente – e a gestão de equipes – o coletivo.

A seguir, preparamos algumas dicas para quem está buscando formar uma equipe ou mesmo quer aprimorar conhecimentos sobre o assunto. Confira algumas habilidades importantes para gestores de equipes:

Identificar a pessoa certa para a vaga

É sempre importante estabelecer um perfil médio para os cargos que compõem as equipes. Portanto, antes de qualquer coisa, é preciso identificar quais são as expectativas que a empresa tem com a contratação de colaboradores, de modo que eles, de fato, agreguem à cultura da empresa.

A partir disso, reflita sobre o perfil mínimo que você espera para o preenchimento da vaga, que pode ser, por exemplo:

  • formação acadêmica desejada;
  • necessidade de experiência na área;
  • habilidades importantes, como proatividade e criatividade;
  • interesse em determinadas áreas de conhecimento;
  • conhecimento e domínio de línguas estrangeiras.

Reconhecer perfis que agreguem ao fit cultural da empresa

Existem muitos estilos de empresa, desde as mais tradicionais até as que esperam agregar inovação ao mercado. É importante para o gestor estar muito bem alinhado ao perfil da sua empresa e identificar o estilo de gestão que ela propõe e os resultados que espera das equipes.

Portanto, observe se os perfis contratados se vinculam à cultura da empresa. Lembrando que isso deve ser realizado no ato da contratação e no dia a dia, com o acompanhamento individual e coletivo.

Essa estratégia é importante não só para que o time consiga conquistar a unidade tão necessária, como também para que o próprio funcionário se sinta à vontade dentro da empresa.

Apostar na diversidade dentro da equipe

Pessoas com diferentes experiências de vida ou mesmo de culturas diferentes não podem ser descartadas. Pelo contrário, elas são essenciais para que as discussões e troca de ideias se enriqueçam, tornando a equipe ainda mais colaborativa e engajada.

Salienta-se que por meio de uma boa gestão, é possível ter maior sinergia e harmonia entre os colaboradores e, nesse contexto, contratar profissionais estrangeiros e apostar em intercâmbios pode enriquecer ainda mais a cultura organizacional, mesmo que isso, em um primeiro momento, possa gerar um choque cultural.

A gestão de equipes é essencial para que se construa um time forte, de alto desempenho e em que todos os colaboradores possam lançar mão de suas habilidades e conhecimentos em prol do sucesso da empresa. Um gestor eficiente é alguém que está atento a isso e domina as habilidades técnicas e culturais necessárias para formar uma equipe de sucesso. Por isso, aproveite as dicas de hoje para aperfeiçoar seu trabalho e trazer mais eficiência à sua empresa!

Em tempos de internet, o trabalho com equipes espalhadas pelo mundo pode exigir que você tenha de gerenciar projetos internacionais. Quer saber mais sobre o assunto? Acesse nossas 5 dicas para a gestão de pessoas em projetos internacionais e esteja preparado!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *