Saiba por que elaborar um Código de Cultura para a sua startup

Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on linkedin

A sua startup possui uma cultura própria, quer você tenha consciência dos seus elementos ou não. Isso significa que os colaboradores possuem um padrão de comportamento dentro da empresa e compartilham determinados valores entre si. Mas, você sabe o quanto essa cultura está presente no dia a dia da empresa? A cultura organizacional é coerente com os objetivos do negócio?

É aí que entra o Código de Cultura como uma importante ferramenta. Ele é uma formalização da cultura da empresa, evidenciando quais são os elementos e comportamentos relacionados à cultura organizacional que devem ser compartilhados por todos os profissionais que atuam na empresa. Dessa forma, ele consiste em uma ferramenta que gera alinhamento entre todos os membros do time, refletindo na cultura organizacional e nos seus objetivos estratégicos.

Quer saber mais sobre o assunto? Então continue a leitura e descubra!

Qual a diferença entre Código de Cultura e cultura organizacional?

Em primeiro lugar, é importante que você entenda muito bem a diferença entre o Código de Cultura e a cultura organizacional. Esta é a prática, são as relações que ocorrem dentro da empresa, os valores compartilhados pelos colaboradores e a forma como eles se comportam. Já o Código de Cultura é uma formalização da cultura ideal da empresa, do que deve ser seguido pelos membros do time.

Portanto, os dois conceitos se relacionam. Idealmente, a cultura organizacional deve refletir o Código de Cultura e vice versa. Portanto, é essencial que você alinhe a teoria e a prática na hora de criar um Código de Cultura para a sua startup.

Qual a importância do Código de Cultura para a startup?

As startups já possuem diversas particularidades na sua forma de funcionamento e nos processos internos, quando comparadas às empresas tradicionais. Tudo isso se reflete na cultura do negócio e, por isso, é essencial ter um Código de Cultura.

É ele que irá direcionar o comportamento dos colaboradores, mantendo-os alinhados aos ideais da empresa. Dessa forma, todos são capazes de colaborar e unir forças para que as metas sejam atingidas e a empresa tenha os melhores resultados.

Como criar um Código de Cultura?

Agora que você já sabe a importância do código de cultura para o sucesso da sua startup, é hora de entender como criar um para o negócio. Continue a leitura e descubra as nossas dicas:

  • estabeleça um conjunto de valores: saiba quais são os valores que devem ser compartilhados por toda a empresa;
  • destaque atributos-chave que definem a empresa: entenda qual a sua missão, propósito da empresa, razão de existir do negócio e traduza isso em características centrais da organização;
  • elabore um documento explicando a importância de cada valor: o Código de Cultura é uma formalização e, portanto, é essencial que você tenha um documento em mãos no qual os colaboradores podem entender o que significa e a importância de cada um dos elementos da cultura.

Como você pode perceber, o Código de Cultura dá as diretrizes para que os seus colaboradores adotem comportamentos adequados e tenham valores semelhantes aos da organização. Ao implementar esse documento na sua startup, você é capaz de alinhar o time em torno dos objetivos da empresa e, com isso, potencializar os seus resultados.

Para isso, é essencial entender qual o fit cultural dos seus colaboradores com a empresa. Quer saber como fazer isso? Leia nosso próximo artigo e descubra!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *