Tecnologia da Informação: como crescer no mercado?

Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on linkedin

De acordo com fontes diversas, profissões relacionadas à Tecnologia da Informação estão entre as dez mais procuradas no mercado de trabalho mundial, mesmo com crises políticas e econômicas abalando o funcionamento de países em todos os continentes. Oferecendo bons salários, a área de T.I. proporciona aos “médicos” da tecnologia oportunidades de crescimento e de rápida ascensão profissional.

Ao contrário do que muitos pensam, atuar em áreas de ciências exatas, voltadas para a transformação digital, não é uma meta impossível. Atualmente, são várias as profissões que englobam ações práticas na área tecnológica. Além da formação em Engenharia de Computação, Ciências da Computação, Gestão da Tecnologia da Informação, Redes de Computadores, Bancos de Dados ou Análise e Desenvolvimento de Sistemas, também é possível que programadores independentes ou pessoas de outros campos do mercado com especializações nos cursos citados sejam escolhidas para ocuparem cargos variados nesse setor.

Embora essa área de atuação tenha surgido recentemente (a partir da década de 1970), estima-se que o impacto causado por mecanismos oferecidos pela tecnologia durante os últimos 50 anos seja relembrado e estudado constantemente nos séculos que estão por vir. Há aqueles que dizem que, durante esse tempo que se passou, a sociedade como a conhecemos hoje evoluiu mais do que já havia evoluído em toda a sua existência. Afinal, foi a tecnologia a responsável por inúmeros marcos históricos já vivenciados pela população mundial, tendo como exemplo as Revoluções Industriais e todo o processo de globalização com o qual convivemos na atualidade.

tecnologia da informação

Utilize a tecnologia a seu favor

Não é errado dizer que mais da metade dos recursos utilizados pela enorme maioria da civilização moderna existe graças aos profissionais da tecnologia. Sem dúvidas, essa é uma das razões pelas quais a remuneração de programadores e outros profissionais de T.I. pode ultrapassar os dez mil reais.

Pensando nos desafios encontrados por jovens que desejam ingressar no mercado discutido nesse texto, a equipe da AIESEC no Brasil preparou algumas dicas para facilitar a trajetória dessas pessoas:

Dica #1: Faça cursos online!

São várias as plataformas que disponibilizam cursos – gratuitos ou não – e oferecem capacitações de qualidade para pessoas que desejam aprimorar seus conhecimentos no setor da tecnologia. Ao concluí-los, os alunos adquirem certificados que comprovam seu interesse nos assuntos estudados e, é claro, desenvolvem seu conhecimento na área, construindo diferenciais em relação a seus concorrentes no mundo dos negócios. Dois bons exemplos de plataformas que fornecem os recursos citados são: Udemy e Hubspot Academy.

Dica #2: Trabalho voluntário é sempre bem visto.

Você sabia que, na AIESEC, todos os nossos funcionários trabalham voluntariamente? Contamos com uma lista enorme de voluntários, com 18 a 30 anos, que conseguiram estágios ou empregos em empresas renomadas devido à suas experiências na nossa organização. No geral, habilidades relacionadas à liderança costumam ser altamente valorizadas por contratantes de qualquer área do mercado e, por isso, essa prática sempre será uma alternativa recorrente.

Dica #3: Empresas júnior são boas opções.

Principalmente no campo das ciências exatas, as empresas júnior oferecem boas oportunidades para quem deseja adquirir experiências profissionais antes de entrar no mercado de trabalho. Devido ao networking e às competências ali desenvolvidas, pessoas interessadas em atuar na área da tecnologia podem aproveitar a oportunidade para crescer. E não se esqueça: programadores são sempre bem-vindos nesse tipo de negócio!

Dica #4: Se você puder, faça um intercâmbio.

Intercambista da AIESEC trabalhando no exterior

São várias as empresas que oferecem oportunidades de intercâmbio na área de Tecnologia da Informação, sejam elas profissionais ou acadêmicas. Atualmente, ter qualquer experiência no exterior é algo extremamente valorizado pelo mundo dos negócios e, por isso, ter essa chance é o sonho de muita gente. Embora os programas oferecidos pela maioria dessas instituições tenham um preço elevado, acreditamos que os intercâmbios profissionais da AIESEC concedem aos interessados maneiras mais acessíveis de realizar essas viagens.

As quatro dicas acima são apenas algumas sugestões para que a semana do programador possa ser comemorada por você, profissional de T.I., da melhor maneira possível. Caso você se interesse pelo programa da AIESEC citado na quarta sugestão, basta clicar aqui para falar com a nossa equipe.

Desejamos a você, programador, a melhor semana possível!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *