Volta ao Mundo – Peru Além de Machu Picchu

Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on linkedin

Quando pensamos no Peru, a maioria de nós lembra de uma coisa: Machu Picchu. As ruínas Incas são uma das 7 maravilhas, atraem milhares de turistas por ano e são conhecidas no mundo todo, mas tirando a cidade antiga, o que sobra nesse país que é tão próximo e ao mesmo tempo tão distante do Brasil? 

Hoje você vai conhecer algumas das razões pelas quais o Peru é um lugar tão único e vai muito além de Machu Picchu

O Peru é um país com uma cultura muito diversa e essa característica é notada já na língua. Embora o espanhol seja a língua oficial do país, são identificadas mais cerca de 43 línguas nativas. Constitucionalmente, são reconhecidos o quechua, falado em várias regiões andinas, com suas respectivas variantes, e o aymara, predominante no sul da Cordilheira dos Andes. 

Graças à mistura de culturas, os peruanos têm cerca de 3 mil festas populares por ano. A maioria dessas celebrações têm um aspecto místico e são uma mistura entre tradições de influência católica e espanhola e pré-colombianas. 

Inclusive, falando em cultura pré-colombiana, desde essa época a música e a dança sempre tiveram um papel importante na sociedade peruana e são muito diversas na região, desde estilos até instrumentos, o que torna o folclore no país extremamente rico.

Assim como a cultura, a gastronomia do país também é muito diversificada. Além do famoso ceviche e pratos feitos com milho (que são muitos, diga-se de passagem!), a culinária peruana é bastante exótica, porquinho da índia assado, bolinho de batata recheado com frutos do mar e a chichamorada – suco feito de um milho roxo – são alguns dos pratos tradicionais do país. Ah, e se você for viajar para lá prepare-se para encontrar muitas receitas feitas com frango. 

Falando em diversidade, as paisagens do país mudam tanto de um lugar para o outro que chega a surpreender. Os país é dividido em 3 grandes regiões: a costa, as montanhas e a selva – que por sinal é a nossa querida Floresta Amazônica. Cada uma delas tem clima, vegetação e culturas diferentes.

Um bom exemplo disso, é que lá eles tem a badalada praia de Mancora ao norte, os lagos nas montanhas de Huaraz, as dunas de areia em Ica, as ruínas do povo Chavín, Machu Picchu, a montanha das cores próxima a Cusco e, claro, a capital Lima com suas praias, enorme quantidade de parques e museus. Tudo isso num país peque, se comparado ao Brasil. E já adianto: todos esses  são lugares imperdíveis para fazer turismo no Peru.

Mas é lógico que quem faz o lugar são as pessoas e os peruanos são um povo muito receptivo e caloroso. As casas de família no Peru lembram os filmes latinos e fazer você se sentir acolhido desde o momento em que você passa pela porta.

Porém, infelizmente, nem tudo é tão bonito assim, assim como muitos países da América do Sul, o Peru também sofre com muitos problemas, alguns deles parecidos com os do Brasil. O país ainda é pouco desenvolvido no que diz respeito à igualdade de gênero e assédios no dia a dia, feminicídio. Em geral, problemas ligados à cultura machista são bem comuns por lá. Além disso, questões ambientais também são um grande problema no país. A quantidade de lixo nas ruas e a poluição são muito grandes, sem falar na falta de água que afeta milhares de pessoas. 

Que tal aprender ainda mais sobre o Peru na prática? E por que não ser uma das pessoas que vai lá impactar esse povo tão acolhedor?! Se eu fosse você, não perderia a oportunidade de ser um Voluntário Global (não sabe o que isso significa? Clica aqui que a gente te explica!).

Conta aí para a gente, qual o primeiro lugar que você iria no Peru?

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *