Como conseguir investimento estrangeiro para uma empresa?

Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on linkedin

Saber como conseguir investimento para um projeto e, em especial, um investimento estrangeiro é, com certeza, um dos objetivos principais de muitos empresários brasileiros. Isso porque, além de conseguir um aporte financeiro, com esse investimento no negócio, a empresa automaticamente ganha mais presença no mercado.

Em um cenário de extrema competitividade, trabalhar com apoio internacional aumenta e muito as possibilidades de crescimento interno e externo, a expansão de mercado e leva o empreendimento a um novo patamar, pois adiciona novas culturas administrativas.

Sendo assim, neste artigo, vamos apresentar dicas de como conseguir investimento estrangeiro para sua empresa. Acompanhe conosco!

Participe de programas de investimento

Muitos investidores estrangeiros estão de olho em empreendimentos e startups no Brasil. Apesar de a burocracia brasileira ser uma das mais complexas do mundo, o população local é reconhecidamente consumista. E isso atrai empresários de todo o globo.

Porém, os investidores não conseguem notar todos os negócios ao mesmo tempo. Por isso, uma ótima maneira de atrair os olhares é participar de programas de investimento.

Os programas de investimento referem-se a sistemas organizados, em que novos empreendedores buscam aporte financeiro de negociadores que estão dispostos a investir tempo e dinheiro nos projetos mais atraentes.

Faça uma construção estratégica da apresentação (pitch)

Pitch é, basicamente, um discurso de venda. Ou seja, é a maneira pela qual se vende um projeto empresarial. Se o intuito é conseguir capital estrangeiro, o pitch da empresa deve estar bem construído e sempre pronto para apresentação.

É muito comum em grandes feiras ou eventos empresariais, os investidores, discretamente, abordarem donos de startups para saber mais sobre os empreendimentos. Se a apresentação do negócio estiver pronta estrategicamente nesse momento, tudo pode mudar a seu favor.

Tenha uma equipe bem estruturada

Imagine que o investidor gostou da apresentação e resolve visitar o seu empreendimento na prática para saber como trabalha a sua equipe de apoio. Com certeza, não vai dar tempo para contratar profissionais ou treinar pessoas em cima da hora.

Sendo assim, não vale a pena arriscar: é preciso manter uma equipe preparada e estruturada desde o início. Claro, se o negócio for novo e possuir poucos investimentos, não será possível contratar os melhores profissionais do mercado.

Porém, sempre há como garimpar e buscar pessoas competentes, criativas e dinâmicas para sua equipe. É essencial que todos estejam engajados e mostrando potencial para uma jornada de longo prazo.

Invista em networking e indicações

Um dos grandes erros de muitos empreendedores é acreditar que, ao conseguir montar seu próprio negócio, não há razões para se manter um networking. Contatos profissionais são importantes, independentemente da esfera social e econômica que o empresário se encontra.

Quando se trata de aportes estrangeiros, uma indicação pode ser a peça-chave para a conclusão do negócio. Existem inúmeros exemplos de sucesso de empresas que conseguiram sócios por indicação de outros empreendedores.

Por isso, jamais ignore ou deixe de manter um networking saudável e promissor. E, sempre que puder fazer a ponte entre interesses comuns, não meça esforços. Lá na frente, isso pode ser retribuído.

Seja transparente

Saber vender o seu negócio é indispensável para conseguir investimento estrangeiro, mas isso não quer dizer que você deva falar algo que não seja verdade. Mesmo que você consiga um investidor, por ter aumentado a realidade da sua empresa, você poderá perder sua reputação no mercado, ao ser constatado que seu discurso não correspondia à verdade.

Por isso, preze pela transparência em seu discurso, exalte os pontos fortes do projeto, mas jamais aumente os números ou fale que determinados processos já estão prontos, sendo que ainda estão em fase de implementação. Lembre-se de que você deverá construir um relacionamento a longo prazo com os investidores e a transparência é fundamental para o êxito do negócio.

Considere o Crowdfunding

O investimento coletivo, chamado de Crowdfunding, também pode ser uma excelente forma de como conseguir investimento estrangeiro para um projeto. Para isso, você pode buscar uma plataforma específica para isso, e divulgar o projeto em questão, sempre exaltando os benefícios que a execução desse projeto pode trazer para a sociedade.

Assim, várias pessoas que acreditem no projeto podem contribuir com pequenos valores, viabilizando a realização do mesmo e aumentando o seu alcance internacional.

Apresente um diferencial competitivo

A competição por investidores, sejam eles estrangeiros ou não, é acirrada, visto que existem muitos projetos em busca de possibilidades de desenvolvimento. Portanto, apresentar um diferencial competitivo, que mostre que sua empresa se destaca da concorrência, é muito importante para atrair os olhares dos investidores.

Para isso, conheça muito bem o segmento de mercado ao qual seu projeto faz parte, investigue a concorrência, descubra os pontos fortes e fracos de seu projeto e busque uma forma de diferenciá-lo, oferecendo algo a mais.

Mas cuidado. Além de apresentar um projeto inovador, você precisa demonstrar em números o quanto ele pode ser rentável para o investidor estrangeiro, então depois de vender a ideia e seus benefícios, apresente a projeção de resultados e demonstrações de ROI para o negócio.

Foque no tipo de investimento correto

Os tipos de investimento, podem variar para empresas que já estão estabelecidas no mercado ou empresas que ainda estão em fase de desenvolvimento. Dentre as opções, por exemplo, existem o seed capital (capital-semente) e o venture capital (capital de risco), sendo que o primeiro é comumente feito em empresas que estão em fase de desenvolvimento e ainda não se estabeleceram financeiramente e o segundo, realizado em empresas de pequeno e médio porte, que já estão estabelecidas.

No caso do seed capital, é mais comum que o investimento seja feito por um grupo de investidores e não por um investidor, diminuindo os riscos para eles nessa divisão. Isso porque um projeto que ainda não foi implementado 100% oferece uma certa incerteza aos investidores.

Já o venture capital, normalmente conta um investidor que chega para trazer mais estrutura, tecnologia e inovação ao projeto, aumentando suas possibilidades de lucro e alcance, e possibilitando fusões e aquisições em um cenário futuro.

Em suma, conseguir um investimento estrangeiro não se trata de seguir uma ou duas receitas prontas. É preciso trabalhar várias vertentes e estar sempre disposto a buscar as oportunidades em diferentes lugares. Analise as dicas apresentadas e dê o primeiro para ser bem-sucedido nesse objetivo!

Gostou das dicas? Assine a nossa newsletter e acompanhe todas as nossas novidades!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *