Conheça os benefícios do Employer Branding para sua empresa

Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on linkedin

Recrutar talentos e construir uma equipe de alta performance é um desafio para a gestão de pessoas. O Employer Branding é uma estratégia para fortalecer  empresa como marca empregadora e facilitar esse processo de seleção.

Quando uma organização tem fama de ser um bom lugar para se trabalhar, os melhores profissionais do mercado fazem questão de entrar no quadro de funcionários. Além disso, os colaboradores que já atuam nela desempenham suas funções com prazer e não querem sair de jeito nenhum. É uma boa ideia para sua empresa, não é mesmo?

A seguir, você vai entender o conceito e as vantagens de aplicar a estratégia no seu negócio. Além disso, há alguns casos de sucesso de marcas que são referências no assunto. Confira!

O que é o Employer Branding?

Employer Branding — em tradução literal, marca do empregador — é um conjunto de estratégias com o propósito de agregar e mostrar o valor da sua empresa para o mercado de trabalho.

Na prática, isso acontece quando o RH trabalha estrategicamente para posicionar a companhia de uma maneira mais atrativa, exaltando suas qualidades e personalidade perante o público que possa vir a trabalhar nela. Ser uma empresa da qual seus atuais e ex-colaboradores falem bem e forneçam boas referências, além de ser um local onde as pessoas queiram trabalhar é um dos principais objetivos da tática.

Por que essa estratégia é tão importante para a minha empresa?

Ter uma equipe de alta performance é lucrativo para o seu negócio. Simples assim! Escolher os profissionais certos e minimizar os erros nas contratações é uma forma de manter o fluxo de trabalho saudável e evitar desperdícios financeiros.

Nesse sentido, o Employer Branding se mostra como uma excelente oportunidade para as empresas que desejam conquistar bons índices de atração e retenção de talentos. Entretanto, é essencial que todos os envolvidos comprem essa ideia, a fim de garantir a sua perfeita execução durante e após o recrutamento.

Como a tática contribui para o crescimento da empresa?

Além de aumentar a capacidade de atrair, recrutar e reter os colaboradores, a estratégia facilita a realização do plano de negócios da empresa e reflete sua identidade como marca empregadora. Por isso, essa deve ser um método dinâmico, que sempre integra novas tendências e melhores práticas para manter forte a reputação.

Quais são os benefícios do Employer Branding?

São muitos, desde que ele seja aplicado corretamente e reflita aos candidatos o real perfil da organização. De nada adianta vender a sua empresa de uma maneira e, depois de aprovado, o funcionário descobrir que não é bem assim que as coisas funcionam. Para incentivá-lo a adotar essa prática, listamos abaixo alguns dos principais benefícios para a sua marca.

Reforça os valores da organização

Os valores e a cultura organizacional da sua empresa são os principais pontos a serem trabalhados para conquistar novos talentos. A partir do momento que novos colaboradores são contratados, seguindo fielmente esses preceitos, os valores da sua organização serão reforçados diariamente, por meio do posicionamento profissional da sua nova equipe.

Atrai candidatos mais alinhados

Sabe quando você realiza um processo seletivo e, dentre tantos candidatos, você enfrenta muita dificuldade em encontrar algum que esteja alinhado ao fit cultural da empresa?

Ao trabalhar com o Employer Branding, vai ser mais fácil achar as pessoas que você está procurando. Isso porque, além de ter um discurso voltado a esses profissionais, adotando a estratégia, você também vai saber procurá-los nos lugares certos.

Garante vantagem competitiva na busca por talentos

Antes, a empresa detinha praticamente todo o poder do processo de recrutamento e seleção. Agora, o jogo virou: são os profissionais que escolhem onde querem trabalhar. Por isso, é importante ter uma marca empregadora forte que atraia os melhores talentos do mercado. Ao fortalecer a imagem empregadora da sua empresa, é possível sair em vantagem na disputa por trabalhadores com desempenho acima da média.

Aumenta a retenção de talentos

Reter talentos hoje em dia não é uma tarefa fácil. Afinal de contas, os profissionais mais jovens não veem muitos problemas em se demitir e buscar outras oportunidades que os agradem mais e estejam de acordo com seus objetivos pessoais e profissionais.

Porém, um alto índice de turnover gera custos para a empresa, que precisa realizar outro processo seletivo, aplicar treinamentos, além dos valores rescisórios. Sendo assim, aumentar a retenção de talentos é muito importante para uma empresa. Ao contratar funcionários mais alinhados, é possível promover uma maior integração entre eles, facilitando o trabalho em equipe e o senso de propósito com os objetivos da organização.

Cria promotores da marca

Funcionários satisfeitos, felizes e motivados em trabalhar na sua empresa se transformam, de maneira espontânea, em diversos promotores da sua marca. Sim, seus colaboradores terão orgulho de trabalhar em sua empresa e farão questão de mostrar aos seus amigos como é bom trabalhar lá, o que gera uma divulgação muito boa.

Impacta positivamente na produtividade

Funcionários mais felizes e motivados sempre vão produzir mais, pois eles realmente querem ver as coisas acontecerem, querem fazer parte do crescimento do negócio e serem responsáveis por isso. Em vez de colaboradores acomodados, que vão ao trabalho apenas para receber seu salário no fim do mês, é possível sustentar a motivação e produtividade de toda a sua equipe.

Melhora os resultados da empresa

Com a melhoria de todos esses pontos que abordamos, o progresso dos resultados da empresa será uma consequência natural. Inclusive, o cliente externo sente a diferença na qualidade da prestação dos serviços. Portanto, investir em Employer Branding reflete ainda no contentamento do consumidor final.

Como implementar na minha empresa?

Não basta colocar mesas de ping-pong no escritório e dizer que investe no fortalecimento da marca empregadora da sua empresa. O Employer Branding vai muito além: é se preocupar com a qualidade de vida no trabalho, garantir um ambiente saudável, motivar os colaboradores, valorizá-los, oferecer oportunidades de aperfeiçoamento, respeitar as diversidades etc.

Ou seja, é uma questão estratégica mais ampla, e não apenas de infraestrutura física. A seguir, você vai ver alguns passos fundamentais para colocar a técnica em prática.

Analise a situação atual e defina um objetivo claro

O primeiro passo é fazer um diagnóstico e entender a percepção atual dos seus colaboradores a respeito do ambiente de trabalho. Dessa forma você consegue reconhecer melhor as expectativas do grupo e trabalhar em cima de desejos e necessidades reais.

Em seguida, é hora de fazer um planejamento que envolva uma reestruturação profunda de missão, visão, valores e, inclusive, da cultura organizacional. Essa é uma tarefa bem difícil, mas o resultado valerá a pena.

Identifique o perfil do colaborador ideal

Quais são os conhecimentos que o funcionário precisa ter? Quais são as habilidades técnicas e interpessoais necessárias? Qual é perfil comportamental? Responder essas perguntas é essencial para criar uma comunicação adequada para atrair os profissionais certos.

Estabeleça sua Employment Value Proposition (EVP)

Em português, EVP significa Proposta de Valor do Empregado. É uma espécie de documento que registra os diferenciais da sua empresa como marca empregadora. Na prática, é isso que vai diferenciar sua organização de negócios concorrentes que oferecem postos de trabalho tradicionais.

É nesse momento que você vai listar todas as estratégias para melhorar a vida dos seus funcionários e fortalecer a sua marca como empregadora. Recompensas e benefícios baseados em desempenho, política de cargos e salários, planos de carreira e condições de trabalho fazem parte do conjunto de ações.

Tudo isso tem que ficar bem claro e deve ser divulgado para atrair os melhores talentos do mercado. Contudo, o EVP não pode ser apenas um conjunto de regras colocadas no papel. A proposta de valor precisa ser cumprida e, realmente, vivida. Só assim que você vai conseguir garantir que os candidatos, de fato, vejam sua organização como um bom lugar para trabalhar.

Quais empresas são referências em Employer Branding?

Existem muitas marcas nacionais e internacionais que são bastante disputadas pelos profissionais do mercado. A razão disso é simples: Employer Branding. Conheça alguns casos de sucesso para se inspirar.

Google

Trabalhar no Google é o sonho de muitos. E não poderia ser diferente: essa é uma das empresas com melhor reputação no quesito ambiente de trabalho.

A inovação no relacionamento com o público interno se dá devido à cultura organizacional baseada em desafios e recompensas, com horários flexíveis, sem dresscode e até dias especiais para fantasias. Os escritórios da marca contam com máquinas de doces, mesas de jogos, video games e diversas amenidades para tornar o dia a dia de trabalho mais leve e propício para criatividade.

Starbucks

A maior cadeia de cafeterias do mundo chama seus colaboradores de parceiros. Isso aumenta a sensação de pertencimento e faz com que os trabalhadores se orgulhem de fazer parte desse time. Além disso, a empresa tem uma comunidade online exclusiva para interagir com os parceiros e candidatos a vagas de trabalho na empresa.

Nubank

Uma empresa conhecida por encantar clientes por meio do atendimento só poderia proporcionar experiências semelhantes aos seus colaboradores. E existe um motivo para isso: só é possível tratar os clientes de forma excepcional se os trabalhadores forem recebidos da mesma forma pela empresa.

Por isso, o processo de onboarding de novos funcionários é diferenciado e não fica preso apenas a sermões e aspectos sobre a rotina de trabalho. Os novatos passam por atividades de imersão na cultura para que eles se envolvam e se encantem pela marca.

Além disso, a área de Employer Branding da Nubank fica sob o guarda-chuva de marketing. Afinal de contas, o trabalho para garantir uma percepção positiva como marca empregadora precisa seguir a mesma linha de desenvolvimento do branding.

Netflix

De acordo com a Netflix, a empresa só contrata “adultos totalmente formados”. Portanto, a líder de serviços de streaming dá liberdade para os colaboradores atuarem — com responsabilidade — da melhor forma possível. Inclusive, é o próprio funcionário quem define o tempo de férias que julgar ser mais apropriado.

Tem ainda a licença parental ilimitada para novos pais e mães durante o primeiro ano do bebê. Depois do nascimento ou adoção, os pais estão livres para voltar ao trabalho em período parcial ou integral, e se afastar novamente de acordo com as necessidades.

Como a AIESEC pode ajudar você com o Employer Branding?

A AIESEC recruta profissionais do mundo inteiro para fazerem um trabalho relevante dentro da sua empresa. Contudo, é necessário se posicionar como uma boa marca empregadora para atrair os talentos certos. É isso que a AIESEC faz!

Com expertise em atrair perfis qualificados para a seleção, a AIESEC ajuda a sua empresa a oxigenar o ambiente de trabalho com talentos globais. Além de fazer a triagem dos candidatos, nós temos equipes especializadas para recepcionar o colaborador estrangeiro e prepará-lo para uma experiência rica dentro do seu negócio.

Investir no Employer Branding é essencial para atrair, reter e engajar talentos. Assim, os colaboradores vão vestir a camisa da empresa porque querem, e não por pressão ou medo de perder o emprego. Todavia, é importante garantir que as estratégias envolvam todos os setores e níveis hierárquicos da empresa, para que todos falem uma só língua e trabalhem pelos mesmos resultados.

Gostou do assunto? Que tal receber mais conteúdos com temática semelhante? Assine nossa newsletter e receba nossas atualizações na sua caixa de entrada!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *