Conheça o guia de denvolvimento de liderança da AIESEC!

Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on linkedin

Liderar não é uma tarefa fácil, mas isso não significa que você não seja capaz de cumpri-la. Na AIESEC, um dos nossos principais propósitos é contribuir para que nossa equipe de voluntários e as pessoas que optam por realizar seus intercâmbios com o apoio da organização possam desenvolver liderança em diversos âmbitos, durante e após viverem essas experiências. Aqui, nós acreditamos que a capacidade de impactar vidas deve ser construída desde cedo, a fim de que os líderes do futuro possam contribuir para uma sociedade mais igualitária e participativa. Por isso, decidimos implementar um sistema capaz de metrificar essas competências e esclarecer as características desenvolvidas por alguém em um determinado período de tempo: o Leadership Development Assessment.

liderança
Líderes da AIESEC Internacional reunidos em conferência

Também conhecido como LDA, o sistema de avaliação de desenvolvimento de liderança utilizado pelas equipes da AIESEC é um método eficaz e de fácil entendimento para quem deseja acompanhar de perto sua evolução pessoal. A nível interno, os membros que compõem nossos escritórios preenchem essa pesquisa a cada seis meses, a fim de que os resultados sejam mais assertivos e coerentes. Em relação aos intercambistas que realizam programas disponibilizados pela organização, nossa equipe é orientada a disponibilizar o LDA antes da sua partida e assim que essas pessoas retornam ao Brasil.

Dessa forma, compreender qual foi o impacto dessa viagem sobre ambas as partes envolvidas se torna uma atividade interessante para todos, uma vez que se torna possível comparar o impacto que esse intercâmbio exerce sobre quem o realiza antes e depois de viver a experiência.

A relação entre intercâmbios e liderança

Experiências novas sempre podem significar a oportunidade de crescimento para quem as vive. A história não é diferente quando o assunto é a realização de intercâmbios, e esse é o motivo pela qual a nossa equipe busca sempre ressaltar a oportunidade de desenvolvimento de liderança oferecida pelos três programas que oferecemos. Seja realizando um voluntariado internacional ou tendo uma experiência profissional no exterior por alguns meses, a evolução das chamadas hard skills e soft skills é garantida.

Por meio das conexões estabelecidas ao longo de uma experiência internacional e das habilidades trabalhadas ao longo desse tempo, desenvolver liderança se torna uma meta alcançável para todos. Alguns dos momentos nos quais essa característica pode ser trabalhada durante a viagem são:

  • Durante as horas de trabalho, nas quais existirá uma equipe reunida e que precisará se comunicar em prol do mesmo objetivo;
  • Ao longo da comunicação com a equipe da AIESEC local e do país destino;
  • No decorrer de toda a viagem, já que o intercambista precisará gerenciar seu tempo e suas prioridades durante esse período.

Com essas práticas cotidianas, a elaboração de uma personalidade típica de um líder torna-se cada vez mais possível. Afinal, essa posição também significa ser capaz de lidar com as suas próprias necessidade e ser protagonista do seu legado.

liderança
Líder da AIESEC no Egito falando em público

O LDA e o seu plano de carreira

Ao contrário do que muitos pensam, a realização de um intercâmbio é uma experiência que está diretamente conectada ao sucesso profissional de quem o faz. Principalmente para jovens que vivem os conflitos de um início de carreira no mercado, contar com qualquer tipo de experiência profissional ou voluntária no currículo é sinônimo de desenvolvimento de liderança e, consequentemente, de valorização no mundo dos negócios. Essa influência positiva aumenta mais ainda quando recrutadores percebem que as habilidades desenvolvidas fora do Brasil estão diretamente conectadas ao funcionamento de uma empresa ou instituição semelhante e, por isso, as chances de contratação podem aumentar drasticamente.

Além de tudo isso, nosso LDA conta com quatro pontos específicos de avaliação para quem o preenche. São eles:

  • Empowering Others, que representa a capacidade de empoderar pessoas em determinado ambiente ou situação com excelência;
  • Solution Oriented,  referente à habilidade de orientação à solução, ou seja, à resolução de problemas de forma rápida e efetiva;
  • World Citizen, que equivale à preocupação com situações ocorridas ao redor do mundo e faz referência ao significado do termo “cidadão global”;
  • Self Aware, representando o conhecimento apresentado por um indivíduo sobre suas próprias dificuldades e competências no dia a dia.

Ao analisar os resultados dessa avaliação, o intercambista torna-se capaz de identificar seus principais pontos de desenvolvimento e melhora, tendo, assim, um guia para continuar se desafiando mesmo após o final de sua experiência.

Nos dias de hoje, é grande o número de pessoas que sonha em liderar seu próprio time. Seja dentro de um negócio ou de uma ONG, a capacidade de lidar com conflitos e conquistas alheias é indispensável e, surpreendentemente, ainda pouco encontrada dentro das instituições que lideram o cenário empresarial brasileiro. É esse o motivo pelo qual os voluntários da AIESEC investem tanto esforço no desenvolvimento de liderança de todos à sua volta. E você, já se preparou para o seu futuro hoje?

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *