México superou todas as minhas expectativas

Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on linkedin

Mais um dia aqui para apresentar a vocês mais sobre essas experiências incríveis de voluntariado (mais histórias aqui). De qualquer forma, hoje a nossa história é contada e vivida pela Natalia Christie de 20 anos e Recifense. O México superou todas as expectativas dela e ela está aqui para compartilhar essa experiência com vocês. Com certeza vão se apaixonar mais ainda pelo México.

Natália vivendo a experiência.
Por que você decidiu fazer seu intercâmbio voluntário? E porque pela AIESEC?

Eu já havia feito intercâmbio antes e não pensava em fazer outro nem tão cedo. Mas ai um dia do nada, uma amiga minha me mostrou a AIESEC e todos os programas que tinham nela. Dai a gente ficou super interessada em participar também, já sabendo que ia ser uma oportunidade incrível tanto pra conhecer outro país, outra cultura, quanto pra poder ajudar na questão da educação que foi a ”categoria” escolhida.

Qual o projeto que você optou no México e porque?

Escolhi educação porque sempre tive muita facilidade de lidar com crianças, já dou aula aqui em Recife de inglês e na minha opinião educação é a base de tudo. Não tenho uma razão muito concreta por ter escolhido o México, tinha outros países da América do Sul como opção mas eu já conhecia alguns e pensei em algo totalmente diferente que eu NUNCA imaginei ir.

Minhas crianças no México, no Instituto Tlalpan.
Fun moment: Imprevisto na viagem!

Imprevisto maior que saber que a amiga que eu tinha planejado tudo, não ia. Foi uma coisa que eu não esperava, estava tudo planejado pra ficarmos juntas, fazer certas coisas juntas, etc. Já bateu aquele medo de não ter uma companhia pra fazer tudo que eu tinha planejado. Mas, CLARO que eu não ia deixar de ir, não ia perder essa oportunidade, louca por viagem do jeito que sou, juntei as experiências de viagens que tinha e embarquei. Quando cheguei lá me deparei com tantas pessoas incríveis, uma host perfeita e até uma roommate!

Fatos curiosos sobre a cultura!

Não vou deixar de falar nunca da questão da pimenta do México, é loucura! Até as crianças gostam. Foi uma coisa que eu sempre fugia, mas em algumas ocasiões acabava comendo também e ficava morrendo depois 🤣.

Amigos
Qual foi a melhor parte da viagem?

Acredito que a melhor parte da viagem foi conhecer os outros voluntários que trabalhavam comigo e alguns amigos mexicanos. Com eles pude sair numa van e conhecer outras cidades, bem roadtrip mesmo. Eles foram muito importantes pra mim e eu nunca vou esquecer nossos momentos, sejam bons ou ruins. De outro lado também não posso deixar de falar da host que fiquei e das crianças que conheci. Não sei se é coisa de mexicano, mas eles foram simplesmente TUDO. Sempre muito atenciosos, animados, dispostos a fazer de tudo pra que a gente se sentisse em casa, mesmo alguns estando um oceano distante sabe!?

Valeu a pena?

Valeu MUITO a pena! Como eu disse eu já tinha dito, fiz intercâmbio antes, mas esse do México superou todas as minhas expectativas. Foi de longe a melhor viagem da minha vida. Espero com certeza poder voltar e quem sabe até levar minha família pra conhecer tudo que eu vivi lá.

Então, como vocês puderam perceber com essa entrevista, realmente o México superou todas as expectativas, mas não só da Natália não é mesmo? haha

Foi de longe a melhor viagem da minha vida.

Espero que vocês tenham se inspirado com história como essas. Qualquer dúvida, podem clicar aqui e falar com a AIESEC mais próxima de você. Não percam a oportunidade de vivenciar a experiência.

Mas me conta, quando você vai viver a sua experiência de voluntariado?

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *