Como mudar o mundo sendo um Professor Global?

Nesse mês do professor, conheça a história de Iasmin

Ensinar é um dos meios mais importantes de mudar o mundo. O professor possui todas as ferramentas para causar um impacto enorme na sociedade, uma vez que seus ensinamentos influenciam os pensamentos de diversas pessoas.

Como forma de homenagear esse profissional tão especial, trouxemos o relato da Iasmin, que participou do nosso programa de intercâmbio, Professor Global.

Conheça a Iasmin

Iasmin é analista de relações internacionais e se interessou pelo projeto quando era membro da AIESEC. Por mais que não tivesse uma experiência prévia como professora, ela quis se aventurar no intercâmbio, e se encantou com a ideia de ensinar pessoas de outro país.

Em 2016, Iasmin embarcou nessa jornada e foi para Cuenca, no Equador, dar aulas de inglês para crianças. Apesar de não saber nada de espanhol, ela decidiu se arriscar e aprender a língua enquanto estivesse no país, o que acabou sendo mais simples do que ela imaginava. Morando com uma família de equatorianos, ela pôde vivenciar o espanhol no seu dia a dia.

Iasmin lecionava para jovens entre 3 a 15 anos, mas principalmente para crianças com menos de 10 anos. Usando recursos de multimidia como música e vídeo, ela conseguiu deixar as aulas bem interativas, algo muito necessário para a educação infantil.

Iasmin e sua host family

A importância do Professor Global

O programa de intercâmbio da AIESEC, o Professor Global, leva jovens de 18 a 30 anos para lecionar em outros países. Porém, qual a vantagem de ter um estrangeiro ensinando outra língua?

Além de possibilitar uma vivência intercultural, existem outras vantagens de ter professor de outro país, como a mudança de perspectiva. Iasmin notou, por exemplo, que o material de ensino da escola era bem desatualizado e fora da realidade daquelas crianças. Por esse motivo, ela resolveu adaptar as lições, fazendo uso de tecnologia e dinâmicas em grupo.

Apesar da aplicação de uma metodologia simples, os métodos usados foram tão inovadores que, após um ano, sua escola teve o melhor desempenho entre os colégios locais.

Iasmin e suas alunas

Para Iasmin, “a gente aprende com nossa realidade”. Ter um ensino voltado adaptado para a vida real facilita bastante o processo de aprendizado. Além disso, ela ressaltou que “a criança aprende o que ela escuta”. Pensando nisso, ela mandava atividades para casa, para incentivar os estudos em família. Sua intenção era trazer todo o núcleo familiar para o processo.

Ela também sabia, por experiência própria, a importância de aprender com a prática. Mesmo fazendo 4 anos de curso de idiomas, ela só adquiriu a fluidez e a confiança para falar inglês em público quando entrou na AIESEC e passou a ter contato com estrangeiros.

Aprender tem que ser divertido”, esse era um dos lemas de Iasmin. Durante sua rotina escolar, ela ensinou brincadeiras para os alunos, realizou atividades em grupo e incentivou a criatividade das crianças.

Iasmin também falou muito sobre o Brasil para os alunos, como uma forma de mostra-los que, caso aprendessem inglês, eles poderiam ir a qualquer lugar do mundo. Para ela “ter uma estrangeira mulher na frente da turma, mostrando para eles que eles podem ir além do que a realidade apresenta é muito importante”. A mensagem que ela quis passar foi a de que, com o inglês, eles poderiam conquistar o mundo.

Iasmin e seus alunos

Hoje ela sabe que eles realmente conquistaram o mundo. Ainda em contato com alguns alunos pelas redes sociais, Iasmin descobriu que alguns foram estudar e trabalhar nos Estados Unidos. Outros foram para outros países. Assim, ela pode ver na prática que seus alunos estavam ultrapassando barreiras, graças às suas lições.

Apesar de ter sido contratada para ensinar inglês, ela percebeu que, na verdade, ela deu munição para os alunos poderem desbravar o mundo com mais coragem. Iasmin transformou o simples ensino de outro idioma em uma grande potência, dando doses enormes de conhecimento sobre o mundo para mostrar para os alunos que eles podem ir além.

O diferencial do intercâmbio da AIESEC

Iasmin recomenda o programa do Professor Global para todas as pessoas que querem expandir suas habilidades, mesmo que não tenham a intenção de seguir a carreira de professor.

Ela conta que todas as oportunidades de emprego que surgiram depois foram por causa desse programa. Sua experiência em outro país e sua fluência em dois idiomas, inglês e espanhol, se tornaram grandes diferenciais no mercado de trabalho.

Hoje, ela consegue dominar as duas línguas, graças ao seu intercâmbio, e já foi contratada por várias multinacionais, como a Uber.

Para ela, informação é poder. Tudo que ela aprendeu durante sua experiência fora fez com que ela se desenvolvesse, tanto pessoal quanto profissionalmente. Uma das habilidades que ela desenvolveu, por exemplo, foi a liderança. Ela se tornou uma pessoa que cuida de si e dos outros, orientada à solução de problemas.

Além disso, ela voltou para o Brasil com mais consciência social, percebendo o que precisa mudar no país, mas também sabendo apreciar mais as qualidades e pontos positivos de sua terra.

Seja um Professor Global

Se você quer ter uma experiência tão transformadora quanto a da Iasmin, se inscreva no programa Professor Global e embarque na missão de difundir conhecimento pelo mundo.

Conheça também nosso instagram @aiesecnobrasil

Por Beatriz Caldas

Compartilhe

Nossos intercâmbios com descontos de

*Promoção válida por
período limitado.