Qual o perfil profissional ideal para trabalhar em uma startup?

Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on linkedin

Como encontrar o profissional ideal para Startup? Será que é preciso encontrar aquele com a melhor formação? Ou aquele que tem mais experiência? Ou será preciso formar esse profissional após contratá-lo?

Tudo depende da forma com que você gerencia o seu pessoal – com mais ou menos autonomia, por exemplo. Porém, mesmo com formas diferentes de gestão, há algumas características que são essenciais para um modelo de negócio como a Startup.

Confira as dicas para fazer a melhor escolha para o seu negócio!

Um profissional que é um grande comunicador

A boa comunicação é um dos aspectos que mais diferenciam um bom profissional de um profissional mediano. Dentro de uma Startup, na qual se lida o tempo todo com pessoas e se trabalha com a finalidade de atender a necessidade das pessoas, ela é mais que essencial.

Por mais que a vaga seja para a área de finanças ou para lidar com softwares, é importante buscar por um profissional que seja capaz de comunicar suas ideias, que tenha clareza no modo como se expressa, pois isso não apenas demonstrará que ele sabe se relacionar em âmbito interpessoal, mas que sabe solucionar problemas (ao invés de criá-los).

Um profissional que se adapta bem a mudanças

O mercado está sempre esperando novidades de quem se propõe a empreender. E quem sai na frente é aquele que está antenado com as tendências e com as mudanças que estão por vir.

O profissional ideal para uma Startup é aquele que, mais do que se adaptar às mudanças, se antecipa a elas e incentiva toda a equipe a fazer o mesmo. Seja na adaptação a um novo método de trabalho, seja na revisão de um processo, o colaborador deve estar sempre com a cabeça focada em inovar e em propor mudanças que façam sentido para o contexto em que atue e para a realidade com a qual está lidando.

Um profissional que vincula teoria e prática

Aprender na prática é bom. Mas buscar atualização é muito necessário. Afinal, a prática também é proveniente de teorias e de estudos sobre os quais o profissional precisa conhecer, se quer se diferenciar dos demais.

Estar sempre buscando conhecimento sobre temas que estejam relacionados ao negócio – e mesmo sobre aqueles que não tenham a ver diretamente com o trabalho – é um diferencial para o profissional, pois mostra que ele realmente se interessa por aprender mais e por entender cada detalhe do mercado com que está atuando.

Criatividade é um bônus no perfil profissional para Startup

Um profissional criativo não é só aquele que trabalha na área de criação, como normalmente se pensa. O criativo, na verdade,  é alguém que tem jogo de cintura para resolver problemas e encontrar saídas que ninguém tinha sido capaz de enxergar.

Sabe aquele café com o cliente que parecia tempo perdido? Ele encontra uma forma de encantar o cliente, oferecer uma solução a ele, mostrar a importância do trabalho que faz e, a partir disso, constrói a parceria ou fecha negócio.

Ser criativo é ter a capacidade de enxergar uma oportunidade de negócio que parecia inexistente. Tem habilidade melhor do que essa?

O que se considera como perfil profissional para Startup é o que podemos chamar de um “solucionador de problemas”, seja os problemas do cliente, seja os problemas internos. E você pode alocar esse profissional na construção de um novo software que dinamize processos, na criação de conteúdos ou na parte de relacionamentos, que ele se sairá bem na tarefa.

Culturas diferentes também é um fator importante para as Startups . Saiba mais sobre o assunto em nosso post sobre contratação de estrangeiros para Startups!

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *