Saiba quais são os principais tipos de perfis profissionais do mercado

Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on linkedin

Prever qual seria a reação de cada colaborador diante dos desafios no ambiente corporativo seria ótimo no processo de atração e retenção de talentos, não é mesmo? Isso é possível ao identificar os perfis profissionais de cada um.

O perfil profissional é um conjunto de competências técnicas e comportamentais que determinam como os trabalhadores se comportam. Existem pessoas mais ousadas e criativas e outras mais conservadoras e meticulosas. Cada uma delas é recomendada para um tipo de trabalho diferente.

Quer entender melhor a importância de conhecer os perfis profissionais e quais são os principais deles? Continue a leitura e confira!

A importância de entender a diferença entre os tipos de profissionais

Reconhecer cada perfil profissional e identificar suas principais aptidões é essencial para designar os colaboradores certos para as funções certas. Esse conhecimento ainda ajuda no recrutamento de profissionais de alta performance e a formar equipes com diversos membros com habilidades complementares.

Um profissional perfeccionista e meticuloso, por exemplo, não conseguirá atingir seu potencial máximo ao trabalhar sob pressão. Já o colaborador comunicativo gosta de socializar e tem forte poder de persuasão, portanto, não seria bem aproveitado em cargos analíticos.

Os principais perfis profissionais

Antes de mais nada, é bom lembrar que não existe um perfil melhor que o outro. Na verdade, é a junção de vários perfis diferentes que tornam a equipe mais forte e eficiente. Além do mais, nem sempre o profissional se encaixa em apenas uma categoria. Algumas pessoas fazem parte de vários perfis comportamentais ao mesmo tempo. Veja, a seguir, quais são os principais deles:

Planejador

O planejador é organizado e gosta de se programar antes de colocar qualquer coisa em prática. Tranquilo, transparente e de fácil convivência, ele tem um perfil apaziguador, atua bem na intermediação de conflitos, no monitoramento de desempenho e sabe dar feedbacks como ninguém.

Por outro lado, por ser muito meticuloso, o planejador tem dificuldade de tomar decisões rápidas e agir no improviso. Ele tem medo das coisas darem errado caso não sejam executadas da forma como foram planejadas. Inovação e criatividade não são o seu forte.

Comunicador

É criativo, adora socializar, se comunica com clareza e tem alto poder de persuasão. Ele é aquela pessoa capaz de motivar a empresa inteira com discursos e atitudes positivas, e atua muito bem nos setores comercial e de marketing.

O lado ruim desse perfil é a desorganização. Ele tem problemas para seguir normas e cumprir prazos. Como é muito positivo, costuma fugir um pouco da realidade e acreditar no sucesso de qualquer estratégia, sem avaliar antes a sua viabilidade.

Executor

O lema do executor é: missão dada é missão cumprida. Esse perfil profissional gosta de tirar ideias do papel e não foge dos desafios. Prático, decidido e autoconfiante, o executor é focado em resultados.

Essa obsessão por conclusões tem o seu lado positivo e negativo. Geralmente, ele não desiste de uma tarefa, mesmo que ela seja supérflua ou inatingível. Ou seja, o executor acaba perdendo tempo com coisas desnecessárias.

Analista

Perfeccionistas e super atenciosos, os analistas costumam detectar aquelas falhas que passaram despercebidas por todo mundo. Com excelente raciocínio lógico, esse perfil profissional trabalha bem com mapeamento de processos, análise de métricas, controle de segurança, entre outros.

O problema é que ele é muito autocrítico. Essa preocupação excessiva com a própria performance, muitas vezes, gera insegurança. Logo, eles podem levar um tempo além do necessário para executar uma tarefa até que ela fique impecável.

Competitivo

O perfil competitivo é autoconfiante e bem rápido. Ele se dedica muito para se destacar perante os colegas. Por isso, costumam assumir múltiplas tarefas e fazem de tudo para cumpri-las com excelência.

Apesar de ser altamente engajado e produtivo, as disputas constantes — mesmo que veladas — podem resultar em um ambiente de trabalho desagradável e egoísta.

Entender como agem os diferentes perfis profissionais é essencial para conseguir gerir as pessoas de maneira estratégica. Assim, você consegue conciliar as características comportamentais de cada colaborador com as necessidades do cargo. Acredite: você verá melhores resultados de performance com essa adequação.

Gostou do assunto? Então, leia também o artigo “como selecionar pessoas para a sua empresa” e veja a importância de escolher o perfil profissional ideal.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *