Terceirização de serviços: será que é o melhor para a sua empresa?

Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on linkedin

Muito tem-se falado sobre a terceirização de serviços, sobretudo após as mudanças na legislação trabalhista do Brasil. Muitas empresas acabam adotando essa forma de contratação, principalmente quando ainda têm uma estrutura pequena, querem minimizar custos, mas precisam de mão de obra para a produção de produtos ou serviços.

A principal vantagem desse modelo de contratação é o custo inferior em comparação com modelos de contratação convencionais (CLT, por exemplo). Porém, não são todas as empresas que se beneficiam com a terceirização, já que, evidentemente, ela também tem algumas desvantagens.

Se está em pensando em adotar esse tipo de contratação mas está em dúvida, leia mais a seguir.

A terceirização de serviços pode ameaçar a confidenciabilidade da empresa

Um dos grandes problemas que a terceirização pode trazer são as constantes mudanças internas que podem se refletir externamente. Isso porque nem sempre você vai conseguir absorver o mesmo pessoal contratado anteriormente, o que poderá afetar a cultura organizacional de seu negócio e até mesmo a segurança das informações.

Muitas vezes, será preciso dividir com os colaboradores informações de clientes para que eles possam fazer o trabalho dentro das especificações exigidas. O problema é que, ao final do contrato com o colaborador, talvez seja preciso contar com outra pessoa para dar prosseguimento ao serviço, o que afeta, inclusive, a continuidade das ações e a confiabilidade de sua empresa.

Empresas que não podem correr riscos devem priorizar a contratação direta, sem passar por terceiros, pois a absorção desses colaboradores é mais vantajosa a longo prazo.

A terceirização pode tornar instáveis as relações com os colaboradores 

Como a contratação é feita por outras empresas, algumas irregularidades podem existir e, eventualmente, afetar o seu negócio. Por mais que você se dedique a contratar empresas idôneas e confiáveis, não é possível assegurar-se completamente de que você não vá ser atingido por possíveis processos trabalhistas.

Além disso, mesmo com todo o cuidado que você tenha no gerenciamento de suas ações estratégicas e das questões financeiras, o mau gerenciamento da empresa contratada pode respingar em você. Se a outra empresa falir, por exemplo, você vai ficar com um sério desfalque de funcionários.

Pode haver problemas de qualidade e cobertura do serviço

A aquisição de funcionários vai respeitar especificações contratuais muito rígidas sobre a função que o colaborador vai desempenhar na empresa. E, dependendo de seu modelo de negócio, você vai precisar de colaboradores que estejam atentos às mudanças no ambiente e no setor em que trabalham.

A qualidade é outro detalhe a se observar, já que ela afeta a imagem do seu negócio e da sua marca. Por melhores que sejam as exigências feitas, quem selecionou e recrutou aquele colaborador foi um terceiro, isto é, alguém que tem uma visão diferente da sua sobre o que é um bom trabalhador.

Além disso, não raramente você vai precisar de colaboradores com habilidades específicas e com quem possa contar para atender os clientes dentro e fora do país. Esse profissional deverá estar bem treinando e com os valores da sua empresa incorporados para que você confie nele e lhe dê responsabilidades cada vez maiores.

Como você pode ver, a terceirização de serviços evita que você precise perder tempo contratando colaboradores, proporciona economia com folha de pagamentos, mas pode não ser a melhor opção para você, que valoriza a construção de uma equipe que trabalhe para o alcance dos objetivos da empresa e a qualidade dos serviços acima de tudo.

Ainda tem dúvidas sobre esse assunto? Podemos ajudar? Escreva aqui nos comentários.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *