Como a AIESEC pode mudar a sua vida com um intercâmbio profissional?

Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on linkedin

Você já deve ter visto nas nossas comunicações pessoas felizes, sorrisos e lágrimas sobre como um intercâmbio pode mudar tudo, somos feitos de momentos e lembranças, e aqui eu te faço a pergunta, que lembrança te move? Quais sonhos você ainda quer alcançar? Se eles envolvem viajar pelo mundo e se desenvolver, você acabou de encontrar uma solução. O intercâmbio profissional da AIESEC.

Para ajudar a te convencer disso chamamos o Yuri, que é Gerente Nacional de Desenvolvimento Organizacional aqui com a gente e já teve a oportunidade de conhecer mais do que o lado “trabalho” da AIESEC, podendo viver sua experiência de intercâmbio.

Ele escolheu um destino um pouco diferente para se desbravar e realmente se jogou no mundão, fugindo do estereótipo de intercâmbio EUA e Canadá e foi parar na Ucrânia, mais especificamente na cidade de Kyiv, aonde realizou o Talento Global, um intercâmbio profissional de estágio no exterior.

Yuri em seu intercâmbio profissional na Ucrânia
(fala sério, o charme dessa foto da inveja)

Nessa experiência, o Yuri trabalhou em uma startup de TI que recrutava e desenvolvia times principalmente de engenharia para outras grandes empresas da Europa. Entre suas funções estavam : Desenvolver a parte de captação de dados e informações para obter insights; Criar novas estratégias para a StartUp; Prospecção de novos leads; E ainda se virar nos trinta e botar a comunicação para jogo, em um ambiente internacional com a fala todinha em inglês.

O que mais chamou a atenção na sua viagem?

Pensando mais sobre a viagem, o que nos intrigou, foi como um brasileiro que do nada se vê na Ucrânia reage, será que é tão diferente do Brasil? O que mais chamou a atenção?

R: “A Ucrânia é um país com uma cultura riquíssima e uma arquitetura muito linda, com um povo extremamente educado e cordial. O meu maior impacto na cultura do país com certeza foi a maneira como as relações humanas funcionavam, sendo culturalmente mais fechados se comparados aos Brasileiros, ainda assim, fiz grandes amizades no país e vivi uma das melhores experiências da minha vida.” 

O que o intercâmbio profissional te desenvolveu?

Choques culturais são comuns, mas isso também torna tudo mais rico, sermos tão diferentes é o que deixa a vida mais divertida e possibilita o aprendizado uns com os outros. O que me leva para a próxima pergunta, o que você quer desenvolver?

O Yuri nos deu a resposta do que ele teve que desenvolver na marra, mas duvido que se arrependa: “comunicação foi um grande desafio no país, visto que grande parte da população local não se comunica em inglês, então em muitas situações precisei pensar de maneira rápida e orientado a solução  para conseguir me fazer compreender.“ Com certeza isso o influenciou muito em sua volta, quem passou por um perrengue desses tira os outros de letra.

Todos temos sonhos, admiramos culturas e almejamos um amanhã melhor para nós e para os nossos, quem nunca se imaginou brincando na neve, ou fazendo dançando a hula que atire a primeira pedra. A questão é o que você pode fazer para realizar os nossos desejos, o que consegue fazer hoje, para realizar o que quer no amanhã. Para nós, a resposta é sempre intercâmbio.

Vivemos a era da tecnologia, nunca estivemos tão conectados e tão perto mas não podemos mais esperar e ver só na tela, se tem algo que a pandemia nos ensinou foi sobre aproveitar as oportunidades e o dia. Então como última questão, responda, o que você vai fazer para se realizar hoje?

Conte com a AIESEC para te ajudar em todos os passos 🙂 Clique aqui e faça seu intercâmbio profissional também!

Responda nos comentários nossas perguntas e se quiser saber um pouco mais sobre a AIESEC (ou sobre o Yuri), siga nosso instagram @aiesecnobrasil, vamos adorar te re-conhecer.