10 lições de trabalho em equipe para desenvolver líderes

Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on linkedin

Com a mudança no perfil profissional dos colaboradores — motivada principalmente por transformações culturais, avanços tecnológicos e midiáticos —, desenvolver líderes capazes de engajar e sensibilizar positivamente a força de trabalho se tornou algo desafiador para as empresas e para os próprios líderes, que se viram tendo de desenvolver habilidades emocionais e subjetivas para conquistar a confiança de suas equipes.

Nesse sentido, as competências técnicas, tão exaltadas antigamente no modelo de chefia, perderam espaço para outras habilidades ainda mais valorizadas, como ter empatia, saber ouvir e mediar conflitos. A liderança, mais do que nunca, passa a buscar a colaboração coletiva para alcançar metas cada vez mais desafiadoras dentro das organizações.

Se você quer saber como aprimorar sua liderança, continue a leitura deste post. Separamos 10 lições de trabalho em equipe para desenvolver líderes. Confira!

1. Trabalhe a sua confiança enquanto líder

Tenha em mente que liderar pessoas é um conjunto de comportamentos assimilados e aperfeiçoados por meio de provas cotidianas de paciência, respeito ao próximo, abertura de pensamento e, principalmente, empatia.

Todo líder deve ter confiança no que fala e defende, e a mesma confiança deve ser usada para mudar de opinião em um momento no qual a mudança se faz necessária.

Ser flexível não quer dizer ser irresponsável: as opiniões devem ser bem pensadas, e os riscos, planejados. Manter a palavra também ajuda a transmitir confiança.

2. Transmita credibilidade

Quando o assunto é confiança, é relevante ressaltar que uma das principais provas para verificar se uma pessoa sabe mesmo como liderar uma equipe de trabalho é avaliar sua habilidade em transmitir credibilidade para os demais.

É preciso ter em mente que uma colocação equivocada durante uma reunião ou uma imposição feita sem diálogo são suficientes para que a empatia e a confiança se fragilizem.

Saiba que as pessoas sentem quando podem confiar umas nas outras, e quando se está em evidência, como no caso de um cargo de liderança, as palavras não ditas tornam-se ainda mais relevantes. Assim, faça tudo dentro do mais alto senso de justiça e, melhor, todos os dias. As pessoas ao seu redor perceberão o seu valor, e a credibilidade e confiança serão cada vez mais naturais.

3. Colabore com a equipe

A colaboração é uma peça fundamental no trabalho em grupo, afinal, uma equipe sem o comprometimento de um líder é nada mais nada menos que indivíduos agrupados, sem um propósito específico.

Ao liderar uma equipe, é essencial mostrar que você se importa com cada um dos membros, trabalhando pelo sucesso de todos e sempre com um mesmo objetivo. Com a colaboração não só é possível dar visibilidade aos funcionários, como também fazer com que sua visão da organização seja mais transparente.

Nesse sentido, impor regras ou processos engessados impede a motivação entre a equipe e barra a criatividade. Procure lidar com as pressões externas sem perder o tom da sua autoridade.

4. Tenha responsabilidade

Quem assume um cargo de liderança deve se preparar para assumir grandes responsabilidades. Desse modo, evite ser um líder que sempre culpa os outros pelos fracassos e erros da equipe.

Seja sempre franco consigo mesmo e com o time ao trazer para si seus próprios erros. E lembre-se: quando alguém da equipe erra ou acerta, todo mundo erra ou acerta junto.

5. Trabalhe em equipe

Compartilhar as responsabilidades é uma ótima forma de criar uma dinâmica envolvente com a equipe. Se todas as pessoas se sentem parte do processo, trabalharão pelo seu sucesso também.

Coloque todo mundo para jogar a favor da empresa! Envolva todos com os objetivos da organização e trace metas coletivas.

6. Pratique a empatia

A empatia é uma das principais chaves para a boa liderança. Um líder deve ser capaz de sentir as dores do outro e trabalhar para melhorar a si próprio e quem dele precisa.

Saber ouvir, se colocar no lugar do outro e contribuir para o crescimento profissional dos liderados são tarefas desafiadoras, pois não são ensinadas na faculdade. No entanto, são extremamente necessárias para o desenvolvimento de liderança.

Quando o líder não pratica empatia com seu time, corre o risco de não enxergar os membros como indivíduos, desrespeitando seus momentos e processos pessoais.

7. Crie desafios

Criar desafios é fundamental para o desenvolvimento de liderança. Isso porque, dessa forma, as equipes são estimuladas a aprimorar competências e habilidades, tendo sempre clareza sobre a direção que devem seguir.

Lembre-se que os desafios (como aprender coisas novas) são altamente eficazes para a motivação dos funcionários, sobretudo daqueles que gostam de ser desafiados. Contudo, é preciso que esses desafios ou metas sejam alcançáveis — do contrário, podem causar frustrações.

8. Inspire

Um dos principais papéis de um líder é saber inspirar seus colaboradores. Além de ser empático, como já mencionamos, esse profissional precisa estar apto a engajar e motivar as equipes, influenciando, assim, a produtividade dos membros. Para isso, deve apresentar comportamentos e atitudes positivas, já que elas servirão de exemplo.

Tenha em mente que um líder que inspira todos a seu redor está estimulando os colaboradores a seguirem seus passos. Dessa forma, os profissionais desenvolvem uma sensação de pertencimento e se sentem orgulhosos de contribuir para melhores resultados.

Isso pode ser feito das seguintes maneiras:

  • compartilhe seus conhecimentos com o time;
  • saiba reconhecer um bom trabalho;
  • seja coerente com o que diz e faz;
  • pratique automotivação e inteligência emocional;
  • dê sempre bons exemplos.

9. Saiba delegar tarefas

Saber delegar tarefas com eficiência é certamente um dos traços mais marcantes de um verdadeiro líder. Isso permite que os colaboradores cresçam, desenvolvam novas habilidades e se tornem mais produtivos e motivados em suas funções.

Contudo, não estamos falando apenas de distribuir tarefas sem um critério ou avaliação. É preciso que o líder saiba delegar na medida certa, analisando as capacidades de cada colaborador e confiando em suas competências. ​Algumas dicas úteis para esse momento são:

  • escolher o colaborador adequado para receber a tarefa;
  • delegar a ele não apenas a tarefa em si, mas a responsabilidade e a autonomia do trabalho;
  • confiar no profissional, mas oferecer a ele direcionamentos claros;
  • definir prazos e follow ups;
  • saber valorizar quem faz um bom trabalho.

10. Desenvolva bons treinamentos

A realização de bons treinamentos é uma prática fundamental para o desenvolvimento de liderança. Isso porque, por meio desse investimento nos colaboradores, o líder conseguirá posicionar estrategicamente cada um de seus funcionários e atribuir a eles responsabilidades e tarefas de modo consistente e preciso.

Os colaboradores, por sua vez, poderão desenvolver o seu potencial, crescer em suas carreiras e se alinhar ainda mais aos objetivos e à cultura da organização.

Para isso, é interessante promover treinamentos para gestão de pessoas, a fim de analisar o perfil dos colaboradores e organizar os times de acordo com a análise, e gestão de comunicação, envolvendo as situações em que a má comunicação afeta as decisões do líder e/ou o trabalho da equipe — um dos maiores problemas enfrentados pelas organizações.

Comece hoje esses exercícios e, ao longo do tempo, eles farão parte da sua rotina como líder.

Gostou dessas 10 lições de trabalho em equipe para desenvolver líderes? Para aprimorar mais características de liderança, entre em contato conosco agora mesmo e tire suas dúvidas com um de nossos especialistas!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *